Bombeiros, voluntários, chuva e aviões controlam incêndios na Chapada Diamantina

A atuação dos bombeiros militares no combate aos incêndios na Chapada Diamantina, que contaram com o auxílio de moradores e voluntários, além da chuva, completa uma semana nesta segunda-feira (12) e, ainda bem, com boas notícias: as chamas foram controladas, embora o monitoramento da área continue por conta da presença de pequenos focos. 

Segundo a Secretaria estadual da Comunicação (Secom), o Corpo de Bombeiros da Bahia atua com 37 profissionais no local, a fim de conter o avanço das chamas. Neste feriado, apenas pequenos focos foram identificados.

A ajuda que veio do céu também foi providencial, que foi comemorada pelos brigadistas.

Além disso, o governo do Estado enviou seis aviões air tractor, por meio do programa Bahia Sem Fogo, para que fossem utilizados no combate aos incêndios. Cada aeronave tem capacidade para transportar até dois mil litros de água que são despejados, em apenas dois segundos, nas áreas que foram previamente identificadas e monitoradas pelos bombeiros, brigadistas e órgãos ambientais.

A base do Corpo de Bombeiros e demais órgãos envolvidos está instalada na cidade de Mucugê, onde as chamas preocupavam mais. As atividades têm o comando do capitão do Corpo de Bombeiros, Murilo Rocha. 

“Hoje a situação está muito mais tranquila. Temos atuado de forma integrada com brigadistas voluntários e outros contratados pelo ICMBio e do PrevFogo. Ontem conseguimos atuar fortemente nos pontos que estabelecemos como prioridade. Hoje, como prevenção e continuidade dos trabalhos, lançamos bombeiros militares na Cachoeira dos Cristais, na Cachoeira das Três Barras, além de brigadistas em pontos específicos onde detectamos ser possível uma reignição do fogo”, explicou.

Um helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia dá apoio às operações. A aeronave é utilizada para monitoramento da área queimada, bem como para o transporte de bombeiros e brigadistas que precisam combater o fogo em áreas de difícil acesso. Neste domingo, as atividades de combate ao fogo se concentraram entre os municípios de Mucugê e Andaraí.

Além disso, a gestão estadual, por meio da Superintendência de Defesa Civil do Estado, realizou a entrega de equipamentos de proteção individual e algumas ferramentas que auxiliam no trabalho realizado pelos brigadistas.

O superintendente da Defesa Civil do Estado, Paulo Sérgio, destacou que, desde sábado (10), o governo decretou situação de emergência em 73 municípios por conta dos incêndios florestais. “Aqui na Chapada, a atuação da Defesa Civil tem sido de articulação com os demais órgãos e a sociedade civil organizada. Já trouxemos equipamentos de proteção individual, ferramenta de combate e estamos realizando um levantamento para identificar qual a demanda por mais equipamentos e consegui fazer uma nova entrega”. Com informações da Secom-BA.

Fonte: Correio