LeBron brilha, Lakers vence Heat e fatura título dedicado a Kobe

O Los Angeles Lakers venceu fácil o Miami Heat para conquistar o título da temporada 2019/2020 da NBA, o 17º da sua história. Neste domingo (11), fez 106 a 93, no sexto jogo da decisão, fechando a série decisiva em 4 a 2 e encerrando com uma supremacia indiscutível o campeonato concluído na “bolha” da liga no complexo da Disney na Flórida.

A conquista encerra um jejum de dez anos dos Lakers sem ser campeão da NBA. E ainda o faz igualar o Boston Celtics como o maior vencedor do campeonato. Mais do que isso: além de vencer um campeonato único, disputado em meio à pandemia do coroanvírus, a taça veio após uma tragédia envolvendo um dos maiores ídolos da sua história.

Afinal, em 26 de janeiro, um acidente aéreo matou Kobe Bryant e outras nove pessoas, incluindo uma das suas filhas, Gianna. E foi com ele em quadra que os Lakers haviam conquistado o seu último título, em 2010.

Agora, aquela conquista foi sucedida pela do time dos astros LeBron James e Anthony Davis, que liderou a Conferência Oeste, com 52 triunfos e 19 derrotas. Depois, nos playoffs passou por Portland Trail Blazers, Houston Rockets e Denver Nuggets, todos por 4 a 1.

Na decisão, os Lakers ganharam o primeiro (116 a 98) e o segundo confrontos (124 a 114), com o Heat reagindo no terceiro (115 a 104). Já no quarto, a equipe de Los Angeles triunfou (102 a 96), perdendo o quinto (111 a 108). E neste domingo massacrou a equipe da Flórida para dedicar o título ao seu ídolo.

Para isso, contou com um “triple-double” de LeBron, com 28 pontos, 14 rebotes e dez assistências. Já Davis, brilhante na defesa, somou 19 pontos e 15 rebotes. Bam Adebayo foi o destaque do Heat, com 25 pontos e dez rebotes. E Jimmy Butler, em noite irregular, somou 12 pontos, oito assistências e sete rebotes.

Ranking dos campeões da NBA:

17 títulos Los Angeles Lakers e Boston Celtics
6 Chicago Bulls e Golden State Warriors
San Antonio Spurs
3 Philadelphia 76ers, Detroit Pistons e Miami Heat
2 New York Knicks e Houston Rockets
1 Toronto Raptors, Cleveland Cavaliers, Dallas Mavericks, Washington Wizards, Oklahoma City Thunder, Atlanta Hawks, Milwaukee Bucks, Portland Trail Blazers, Sacramento Kings e Baltimore Bullets.

Fonte: Correio