Conchata Ferrell, atriz da série Two and a Half Man, morre aos 77 anos

A atriz que interpretou a diarista Berta, na série Two and a Half Man, Conchata Ferrell, morreu aos 77 anos, nesta terça-feira (13). Segundo informações do site norte-americano Deadline, complicações causadas por uma parada cardíaca provocaram a morte dela.

A informação foi confirmada ao site da revista Variety por um representante da Warner Bros. Television. Conchata estava cercada pela família em um hospital na Califórnia, nos Estados Unidos.

Sua brilhante carreira foi contemplada com duas indicações como atriz coadjuvante no Emmy por seu trabalho na série cômica, intitulada de Dois Homens e Meio no Brasil.

Um dos atores originais da série, Charlie Sheen lamentou a morte da atriz nas redes sociais. “Uma querida absoluta, uma profissional talentosa, uma amiga genuína, uma perda chocante e dolorosa. Berta, seu trabalho no lar era um pouco suspeito, seu trabalho com as pessoas era perfeito.”

O estúdio televisivo da Warner Bros. também escreveu e lamentou a morte da artista. “Estamos tristes pela perda de Conchata Ferrell e gratos pelos anos que ela nos trouxe risadas como Berta, que viverá para sempre.”

Conchata também foi indicada ao Emmy como atriz coadjuvante em drama por causa da sua atuação em L.A Law, no ano de 1992. Na televisão, ela esteve em séries como Plantão Médico, Buffy: A Caça-Vampiros, Grace e Frankie e O Rancho.

Ela fez também trabalhos no cinema, em filmes como Edward Mãos de Tesoura (1990), Erin Brockovich, uma Mulher de Talento (2000) e Herança de Mr. Deeds (2002).

Em julho, Arnie Anderson, marido de Ferrell, divulgou que ela havia sido internada desde maio, após sofrer um infarto. Ela passou mais de quatro semanas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e depois foi transferida a um centro de tratamento a longo prazo, onde precisou fazer uso de um respirador e também fazia diálise.

*Matéria originalmente publicada no Jornal do Commercio, parceiro do CORREIO pela Rede Nordeste

Fonte: Correio