Neymar faz três, comanda virada contra o Peru e passa Ronaldo

Em um confronto marcado pela dificuldade encontrada, a Seleção Brasileira conseguiu sua segunda vitória nas Eliminatórias da Copa 2022 e manteve 100% de aproveitamento após ganhar do Peru por 4×2, na noite desta terça-feira (13), de virada, em Lima.

Neymar, com três gols – sendo dois de pênalti -, foi o destaque da partida dentro e fora de campo, pois ultrapassou Ronaldo ‘Fenômeno’ na lista de artilheiros históricos do Brasil e chegou a 64 gols, dois a mais que o artilheiro do penta. O camisa 10 agora só está atrás de Pelé, autor de 77 gols oficiais (e 95 ao todo).

Richarlison, que começou como titular no lugar de Everton Cebolinha, marcou o outro gol brasileiro. O Peru anotou com Carrillo e Tapia.

Após duas rodadas, apenas Brasil e Argentina venceram as duas partidas, e a Seleção lidera por causa do saldo de gols (6 a 2). Os argentinos ganharam de Equador e Bolívia, que levou 5×0 do Brasil.

O jogo na capital peruana mal havia começado quando os donos da casa surpreenderam a equipe verde e amarela. Com apenas cinco minutos, o Peru abriu o placar em um lance em que Marquinhos cortou a primeira jogada, mas não evitou que Carrillo pegasse a sobra e, de fora da área, acertasse o canto de Weverton.

A atuação do Brasil no primeiro tempo não foi boa. O time criava pouco no meio campo e praticamente só chegava através de bolas passadas para Richarlison na ponta direita. Em uma delas, o jogador do Everton, da Inglaterra, serviu Firmino, que chutou em cima do goleiro Gallese. O centroavante ainda perderia outra chance.

Ainda assim, a Seleção conseguiu o empate aos 27 minutos, em pênalti sofrido por Neymar. Ele deslocou bateu fraquinho, rasteiro e deslocou o goleiro. Com esse gol, igualava Ronaldo e, na comemoração, mostrou os dentes e balançou o dedo indicador pra cima, tal qual o Fenômeno fazia.

Já no segundo tempo, o Peru ficou na frente de novo. A defesa do Brasil voltou a falhar, afastou mal e Tapia bateu de fora da área. A bola desviou em Rodrigo Caio e enganou o goleiro Weverton aos 13 minutos. Em 50 jogos sob comando de Tite, este foi o terceiro em que a equipe sofreu mais de um gol.

O Brasil empatou mais uma vez em bola parada. Neymar cobrou escanteio, Firmino cabeceou na segunda trave e Richarlison, em cima da linha, completou para o gol. 

A virada só aconteceu aos 37 minutos, em outro pênalti que Neymar cobrou do mesmo jeito, no mesmo canto e novamente deslocou Gallese, fazendo 3×2. Já nos acréscimos, Everton Ribeiro acertou a trave e Neymar, com o gol vazio, empurrou para a rede.

A Seleção Brasileira volta a jogar nos dias 14 e 17 de novembro, contra Venezuela, em São Paulo, e Uruguai, em Montevidéu.

Fonte: Correio