Barraca de praia em Barra Grande é flagrada com 'gato' de energia

Uma ligação clandestina fde energia foi desativada em uma barraca de praia em Praia Grande, na Península de Maraú, região turística do estado. A ação da Polícia Civil teve apoio da Coelba no combate ao furto de energia.

Na barraca, que funciona como restaurante, policiais e técnicos identificaram a ligação irregular na rede da Coelba para abastecer o local. A perícia identificou ainda irregularidade na casa do dono do estabelecimento, que vai se rintimado para depor pela polícia e responderá criminalmente.

A energia recuperada é suficiente para atender 2.800 residências durante um mês, de acordo com a Coelba. O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro e a pena para o responsável pela prática ilegal pode chegar a oito anos de reclusão.

A Coelba pede que quem tenha ciência de situações do tipo denuncie. As denúncias podem ser feitas de modo anônimo pelo telefone 116 ou pelo site da empresa, na aba “Denúncia de irregularidade”.

Fonte: Correio