Chapada Diamantina: sem turismo, sem renda e agora com incêndios

Lençóis ficou quase sete meses fechada para turistas (Foto: Tulio Saraiva)

A Chapada Diamantina está fechada para o turismo há quase sete meses. Motivos, provocados pela covid-19, não faltam. Mas, imagine um guia de viajantes: o que ele tem feito para sobreviver nesse período? De onde tem tirado renda?

Junte a isso o fato de que são eles, os guias, que muitas vezes vigiam as entradas do Parque Nacional e preservam as trilhas. São eles, também, que se jogam no mato para ajudar a combater os incêndios, em brigadas 100% voluntárias.

Como tem sido esses sete meses para quem vive do turismo no nosso principal destino fora do litoral? O que fizeram as agências de viagem e demais empresas? Guias, condutores, motoristas, agentes de viagem: tiveram que mudar de profissão?

Nesse podcast, conversamos com guias e com empresários das principais cidades da Chapada Diamantina para entender a extensão da crise provocada pela ausência do turismo. Há expectativa de recuperação em breve?

Como ouvir o podcast? Escolha o seu aplicativo favorito:

Para ouvir no Deezer, clique aqui.
Para ouvir no Spotify, clique aqui.
Para ouvir no Apple Podcasts, clique aqui.
Para ouvir no Google Podcasts, clique aqui

Para o programa, ouvimos Adelson Marques da Rocha, presidente da Associação de Condutores e Viajantes do Vale do Capão (ACV-VC); Renata Vieira Del Nero, guia e integrante do Comitê de Gestão do Capão (CGC); Roberta Ferraz, secretária de turismo de Lençóis; e Vanessa Almeida, proprietária da agência de viagens Nas Alturas, de Lençóis.

Você também pode ouvir no player abaixo ou fazendo o download:

QUE PODCAST É ESSE? O que a Bahia Quer Saber é uma produção diária do CORREIO. Nele, trazemos sempre programas temáticos, debatendo algum conteúdo extremamente local – ou seja, um assunto que interessa direamente à vida de quem mora em Salvador e na Bahia.

MAS O QUE É PODCAST? É um programa de áudio igualzinho a um de rádio, mas que você pode ouvir quando, onde e como quiser – pulando, pausando ou adiantando os trechos, se preferir. Basta ter um aplicativo de músicas (como Spotify), um aplicativo para podcasts (do Google ou da Apple) ou simplesmente dar o play na janela acima.

>> Clique aqui para ver episódios anteriores do O Que a Bahia Quer Saber

Fonte: Correio