Número de casamentos cresce no Brasil após forte queda no início da pandemia

A gradual flexibilização de medidas de prevenção ao coronavírus começa a se manifestar nas relações pessoais. Um dos sinais é o crescimento significativo do número de casamentos registrados em setembro, em comparação com os primeiros meses da pandemia, quando o isolamento social era mais rígido.

Em abril deste ano, foram realizados 25.394 registros, uma queda de 61% em relação ao mesmo mês do ano passado. Já em setembro, o número de uniões cresceu 143% e chegou a 61.799. Os dados são da Central Nacional de Informações do Registro Civil (CRC Nacional).

Os belo-horizontinos Thiago Augusto Martins, 31, e Bárbara Nunes, 25, foram um dos casais que ajudaram a engordar essa estatística. Eles agendaram o casamento para setembro deste ano no ano passado, quando ninguém imaginava que 2020 seria marcado pela pandemia. Mesmo assim, seguindo medidas de prevenção, eles oficializaram a união, no dia 11.

“Foi uma experiência diferente pelo fato de todo mundo ter que entrar de máscara, e tivemos que reduzir o número de convidados por causa do distanciamento. Mas, lá na frente, a gente vai poder lembrar que foi em uma época de pandemia, então ficou mais marcado”, diz o operador de processos.

Os 61.799 casórios registrados em setembro representam crescimento em relação a abril, mas ainda estão abaixo do número registrado em setembro de 2019, quando 80.420 uniões foram oficializadas. 

 

Fonte: Agencia Brasil