Barroca sinaliza que Vitória pode repetir Carleto de ponta contra o Guarani

Um dos artilheiros e garçom do Vitória na temporada, Thiago Carleto pode atuar mais perto do gol no jogo contra o Guarani, quinta-feira (22), às 21h30, no Barradão, válido pela antepenúltima rodada do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro. O técnico Eduardo Barroca sinalizou que pode repetir o esquema adotado no derrorrer do empate em 1×1 com a Chapecoense, no último sábado (17), na Arena Condá, em Chapecó. 

Na ocasião, o comandante rubro-negro substituiu o atacante Alisson Farias pelo lateral esquerdo Rafael Carioca aos 29 minutos do segundo tempo. Esse último assumiu a função de lateral e Carleto passou a jogar mais avançado. Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (21), Eduardo Barroca disse que aprovou o esquema e que pode voltar a fazer uso dele contra o Guarani.

“Eu gostei muito dessa alternativa. O Carleto é um jogador com poder de definição acima da média, cruza muito bem, finaliza muito bem de fora da área, é um jogador que tem boa intimidade com o gol. Então essa alternativa, na minha visão, funcionou muito bem contra a Chapecoense. E a gente ganha essa alternativa aí para o jogo contra o Guarani”, afirmou o treinador. 

Ao contrário do que de costume, o Vitória não divulgou a lista de relacionados logo após o último treino antes do jogo. Eduardo Barroca aguarda algumas definições do departamento médico para selecionar todos os titulares e reservas contra o Bugre. 

“A gente teve algumas baixas médicas para a partida. Ainda estou esperando, na tarde de hoje, a recuperação de alguns jogadores para definir a equipe que vai iniciar jogando”, pontuou o treinador. O zagueiro Wallace está com a coxa esquerda lesionada, assim como o volante Fernando Neto. Já o meia Gerson Magrão está com suspeita de fratura na costela.

A partida contra o Guarani será a segunda de Eduardo Barroca como mandante e a terceira no comando do Vitória. Na estreia, no Barradão, o técnico amargou a derrota por 2×1 para o Avaí. No sábado passado, empatou com a Chapecoense fora de casa e, diante da equipe alviverde, busca o primeiro triunfo. 

“Tivemos pouco tempo de treinamento, uma viagem longa, desgastante. Então o foco principal foi recuperar os jogadores. Acredito que a gente foi melhor no segundo jogo do que no primeiro sob meu comando. A gente cresceu em algumas competências que eram importantes a curto prazo. Fizemos uma boa partida contra a Chapecoense. E a gente espera, agora, dar mais um salto na questão coletiva, tentar fazer com que a equipe seja o mais agressiva possível, tentar ter uma equipe maior na parte ofensiva e defensiva, errar menos sem pressão, para que a gente consiga uma vitória diante do Guarani”, projetou Barroca.

Com 19 pontos, o Vitória é o 13º colocado da Série B. O Guarani está em 16º lugar, com 17 pontos. 

Fonte: Correio