Pré-Caju vai retornar em seu formato original na Orla de Atalaia

Mais uma boa notícia para a turma da axé  music. O Pré-Caju retorna em 2021 ao seu formato original, nos dias 9 e 10 de outubro na Orla da Atalaia, com as atrações saindo da Passarela do Caranguejo. Quem comemora esse retorno é Fabiano Almeida. Em conversa com a coluna,  direto de Aracaju, onde mora, ele disse que esse retorno “é uma vitória dos donos de restaurantes, bares e hotéis, além de todos que trabalham com o turismo, que lutaram para que o Pré-Caju voltasse do jeito como acontecia: aberto ao folião pipoca”.  Fabiano adiantou que o evento já está conversando com as principais estrelas da música baiana. A festa aconteceu durante 23 anos e sempre foi considerada uma das mais importantes do chamado ciclo pós- Carnaval. Com isso, o Pré-Caju passa a fazer parte do circuito das grandes micaretas, ao lado do Fortal, Carnatal e Folianopolis. Só que esses são indoors.

(Foto: Divulgação)

Virginia Rodrigues e Daniela Mercury estão no álbum EruDito, de Marcelo Quintanilha
Daniela Mercury, Virginia Rodrigues, Padre Fábio de Melo e Monica Salmaso são os convidados de EruDito, o novo trabalho do cantor e compositor Marcelo Quintanilha. Ele compôs onze letras para melodias de dez compositores clássicos (Bach, Vivaldi, Mozart, Beethoven, Schubert, Schumann, Chopin, Brahms, Tchaikovsky e Claude Debussy). Com direção artística de Luca Raele e Camilo Carrara, o álbum completo tem previsão de lançamento para 2021,  por meio do selo Yb Music.  Os quatro primeiros singles com os artistas serão lançados mês a mês, entre  outubro e janeiro. O primeiro, Nem País Nem Paz, a partir do Poco Allegretto da Terceira Sinfonia de Brahms, com a participação do Padre Fábio de Melo, está chegando   às  plataformas digitais.

Documentário Todas as Melodias tem estreia mundial
Com as participações de Arnaldo Antunes, Céu, Zezé Mota, Jards Macalé e Liniker cantando suas músicas, acontece nesta quinta (22), às 20h,  a estreia  do documentário Todas as Melodias, sobre o cantor, compositor e ator Luiz Melodia. O filme está  na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, tem direção de Marco Abujamra, codireção de mariana Marinho e Viviane D´Avila e realização da Dona Rosa Filmes. 

(Foto: Divulgação)

Um dos mais importantes artistas da MPB, o carioca nascido no Estácio  tem muita ligação com a Bahia. Além de ter sido amigo de artistas como Waly Salomão e Gal Costa – que gravou canções dele  como Pérola Negra e Juventude Transviada – Melodia  foi casado durante 40 anos com a baiana Jane Reis e viveu durante um tempo em Salvador. O documentário vai rodar festivais nacionais e internacionais e será lançado no canal Curta!

Agenda do Isqueminha no Fim de Semana
O Isqueminha voltou a se apresentar desde que a liberação foi concedida pela prefeitura. Hoje (22), o destino é o Pra Começar, na Pituba, 18h. Amanhã (23), o Fronteira Bar, no Rio Vermelho, 20h. Sábado (24) tem encontro no Anexo Bar, na Pituba, 17h. E no domingo(25) no Dendê Praia Bar, ao lado do Farol da  Barra, às 15 horas.

TUM-TUM-TUM*
1 Carnaval Ao Vivo – We Love BH é o nome da live que vai relembrar o clima do evento, um dos principais do Carnaval na cidade. A apresentação será no sábado (24), a partir das 17h,  com o cantor e compositor Tuca Fernandes, diretamente do campus da Uni BH Buritis. A live contará também com show do grupo Baianeiros.

(Foto: Divulgação)

2 A  live Coisas do Axé 3, com Carla Cristina, acontece amanhã (23), a partir das 20h, no canal oficial da cantora no YouTube. O repertório foi escolhido com todo cuidado para homenagear a música baiana, e passeia por clássicos da axé music e hits da carreira de Carla  , desde que ela fazia parte do grupo As Meninas e estourou em todo o Brasil com Xibom Bom Bom.

(Foto: Reprodução/Instagram)

3 A Semana Internacional de Música de São Paulo – SIM São Paulo, maior feira dedicada aos negócios da música na América Latina, chega à 8ª edição em um novo formato: online e estendido por mais de 30 dias, entre 3 de novembro e 6 de dezembro. O evento terá  cerca de 300 showcases de artistas do mundo todo. Entre eles, os baianos Hiran, Mahal Pita e Marcola Batista.

Fonte: Correio