Edgard Abbehusen: 'Onde o amor existe, todo sonho prevalecerá'

Algumas pessoas vão duvidar de você, criticar você e, por um momento, você vai acreditar que precisava nascer pronto. Em algum momento, essas pessoas farão você esquecer o seu processo. Você vai tentar pular etapas e vai se perder do caminho. Vai chorar achando que tudo foi em vão. Não vai se reconhecer diante do espelho dos seus sonhos.

Em algum momento alguém vai te jogar pra baixo. Vai trapacear no jogo. Vai olhar para você e querer competir, sem você nem imaginar que está em uma competição. Eu posso lhe dizer com convicção: Uma hora essa pressão deixa de fazer sentido. Uma hora você entende o seu processo, as suas etapas e reconhece a sua caminhada. Uma hora você volta para estrada dos seus sonhos. 

Uma hora você recomeça e foda-se o que dizem, o que pensam e o que falam sobre o que você faz.

Comigo é mais ou menos assim. Já escutei gente querendo me convencer através de indiretas que o que escrevo não é bom. Já soube de pessoas que riam do que escrevia. Quando comecei, teve quem apostasse que tudo não passaria de um devaneio maluco. E eu estou aqui. Ainda não estou pronto, ainda nem cheguei no meio do destino que escolhi, ainda sou semente e tem muita coisa crua nos meus sonhos, mas eu estou aqui. Firme e forte na luta.

Acreditando mais do que qualquer outra pessoa naquilo que faço. Valorizando os meus passos. Experimentando. Tentando doar o melhor que posso para colocar naquilo que amo. Fluindo na missão.

Não desista fácil dos seus sonhos, sacou? Não entregue os seus sonhos de mãos beijadas aos seus detratores. Como canta Edson Gomes. “Vamos, levante e lute”.

Não pare por nada. E quando precisar de motivos para continuar seguindo, apenas olhe para trás e veja a sua história. Você é foda pra caralho, né? Olha o quanto você já caiu, mas levantou e sacodiu a poeira. Seguiu.

Agora me diz: vale a pena parar agora? Não vale. Segue na luta, meu irmão. Segue o jogo, minha irmã. No que tem amor, onde o amor existe, todo sonho prevalecerá.

*Edgard Abbehusen é escritor, compositor, redator, baiano, criador de conteúdo afetivo e  autor de livros; Ele  publica textos exclusivos aos domingos no site do CORREIO e redes sociais Acompanhe Edgard no Twitter e Instagram

Fonte: Correio