Substituto de Firmino, Diogo Jota comanda goleada do Liverpool

Os atacantes de Tite na seleção brasileira tiveram uma terça-feira (3) distinta. Enquanto Roberto Firmino perdeu a posição no Liverpool e viu seu substituto, Diogo Jota, brilhar, Gabriel Jesus voltou após um tempo fora por lesão e deixou sua marca aliviando um jogo duro para o Manchester City. Ambos ganharem pela terceira vez e mantiveram a campanha perfeita na Liga dos Campeões.

Firmino começou a temporada em seca de gols e nesta terça-feira ficou no banco de reservas. Viu seu substituto, o português Diogo Jota, brilhar ao marcar três vezes na goleada de 5×0 sobre a Atalanta, na Itália.

Reforço de R$ 315 milhões, Diogo Jota está fazendo jus ao investimento. O ex-goleador do Wolverhampton chegou aos seis gols marcados nos últimos quatro jogos pelo Liverpool. Já são sete gols do atacante na temporada, diante dos cinco de Firmino.

Jota abriu o marcador na Itália com toque sutil sobre o goleiro. Ele recebeu em profundidade, evitou o pênalti e fez o primeiro logo aos 15 minutos. O segundo gol foi ainda mais bonito. Dominou na esquerda ajeitando para a direita e fuzilou.

Com um começo arrasador de segundo tempo, o Liverpool chegou à goleada em somente nove minutos. Logo aos 2, Salah recebeu de Jones, partiu do meio-campo, passou pelo marcador e ampliou. Aos 4 foi a vez de Mané deixar sua marca. O egípcio lançou e ele só teve trabalho de encobrir o goleiro.

Diogo Jota fechou sua participação no jogo com seu terceiro gol. Aos 9 minutos, recebeu de Mané, se antecipou à marcação e marcou o quinto do Liverpool. Pouco tempo depois, foi substituído por Firmino.

As equipes não mexeram mais no placar. Com a goleada por 5×0, o Liverpool abriu cinco pontos sobre Ajax e Atalanta, ambos com quatro pontos no Grupo D. Os holandeses foram para a Dinamarca sem 11 jogadores, diagnosticados com a covid-19, entre eles os titulares Tadic, Klaassen e Onana. O técnico Tem Hag levou apenas 17 atletas para o confronto diante do Midtjylland. Apesar de poderem atuar na Holanda, os infectados foram impedidos de entrar na Dinamarca.

Mesmo com muitos desfalques, os holandeses ganharam por 2×1. O brasileiro Antony abriu o marcador com um minuto, Tadic ampliou aos 13 e Dreyer fez o do Midtjylland, aos 18.

Quem festejou bastante foi Gabriel Jesus. Fora dos primeiros jogos das Eliminatórias por lesão, mas agora chamado novamente por Tite para enfrentar Venezuela e Uruguai, o atacante voltou aos campos com gol pelo Manchester City.

Após 45 dias de ausência, o brasileiro enfrentou o Olympiacos e aliviou uma partida complicada. O jogo estava 1×0, aos 35 do segundo tempo, com os gregos pressionando, quando o atacante fez o seu. Gabriel Jesus recebeu na área, pela direita, colocou na frente, ameaçou e fuzilou, sem ângulo. Foi seu 15° gol na Liga dos Campeões em 24 jogos.

Ferran Torres abriu o marcador e Cancelo fechou os 3×0. O City foi aos 9 pontos no Grupo C, diante de 3 dos gregos. Em segundo aparece o Porto, com 6, após 3×0 no lanterna Olympique de Marselha.

Fonte: Correio