Bolsonaro nomeia último colocado em lista como reitor da UFPB e gera polêmica

Em publicação no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (5), o presidente Jair Bolsonaro, juntamente com o ministro da Educação, Milton Ribeiro, nomeou o professor Valdiney Veloso como o novo reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O detalhe é que ele foi o menos votado na lista tríplice para o cargo.

Conforme o documento, a chapa do novo reitor, que contém também o nome de Liana Filgueira Albuquerque, assume na próxima quarta-feira (11) e terá um mandato de quatro anos.

A Constituição Brasileira prevê que o presidente da República pode nomear os reitores de todas as universidades federais, no entanto, tradicionalmente, os nomes são escolhidos através de votação dentro da própria instituição. A medida gerou discussão, veja:

Ação desse tipo já havia acontecido este ano. Em setembro, Bolsonaro nomeou o professor Carlos André Bulhões Mendes como reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O docente também foi apenas o terceiro mais votado na eleição acadêmica.

Veloso é formado em psicologia e dá aulas na instituição nessa área. Ele também fez direito no Centro Universitário de João Pessoa (Unipê), é especialista em psicometria e possui mestrado e doutorado em Psicologia Social.

Fonte: Agencia Brasil