Constantino também é demitido da rádio Guaíba e do jornal Correio do povo

Depois da rádio Jovem Pan e da Record TV, o comentarista político Rodrigo Constantino também foi demitido da rádio Guaíba e do jornal Correio do povo – em ambos os veículos, ele tinha uma coluna semanal. 

“Diante dos fatos recentes e em sintonia com a decisão tomada pelo Grupo Record, a Rádio Guaíba e o jornal Correio do Povo optaram por rescindir o contrato com o colunista Rodrigo Constantino, que ocupava espaços semanais na rádio e também no jornal”, anunciou o Correio do Povo em sua página oficial no Facebook.

As recentes demissões foram motivadas por uma live em que Constantino falava sobre o caso de Mariana Ferrer, humilhada durante julgamento em que acusava um homem de tê-la estuprada.

No vídeo, o comentarista disse que colocaria a filha de castigo caso ela fosse estuprada. Também afirmou que as feministas são “recalcadas, ressentidas, normalmente mocreia, vadia, odeia homem, odeia união estável, odeia casamento”.

Assista ao vídeo:

Fonte: Agencia Brasil