iPhone 12: sem carregador e fone, celular custará a partir de R$ 6.999 no Brasil

Sem fones de ouvido, ou carregador na caixa, a nova linha de smartphones da Apple no Brasil, iPhone 12, custa a partir de R$ 6.999 e pode chegar à cifra de R$ 13.999. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (6), e os celulares estarão disponíveis a partir do próximo dia 20 no país. (Veja os preços abaixo)

São quatro modelos ofertados pela maçã neste ano, apresentados no mês passado. Com atualização nas telas em todas as versões – que migram de vez da tecnologia LCD nos modelos mais básicos para Oled – e novos processadores, a maior diferença entre eles é o sistema de câmeras e o tamanho. Todos têm suporte para tecnologia 5G. 

Preços anunciados pela Apple para cada modelo do iPhone 12:

iPhone 12 mini 

  • 64 GB: R$ 6.999
  • 128 GB: R$ 7.499
  • 256 GB: R$ 8.499

iPhone 12

  • 64 GB: R$ 7.999
  • 128 GB: R$ 8.499
  • 256 GB: R$ 9.499

iPhone 12 Pro

  • 128 GB: R$ 9.999
  • 256 GB: R$ 10.999
  • 512 GB: R$ 12.999

iPhone 12 Pro Max 

  • 128 GB: R$ 10.999
  • 256 GB: R$ 11.999
  • 512 GB: R$ 13.999

O mais barato é o iPhone 12 mini, que custa entre R$ 6.999 e R$ 8.499, a depender da capacidade de armazenamento. O smartphone tem o mesmo poder de processamento de seus irmãos mais caros, mas mantém tamanho menor, com display de 5,4 polegadas. 

O iPhone 12 e o iPhone 12 Pro, neste ano, ao contrário de anos anteriores, se diferem pouco. Com preços, respectivamente, variando entre R$ 7.999 a R$ 9.499 e R$ 9.999 a R$ 12.999, o adicional do “Pro” está nas câmeras.

O modelo mais caro tem uma lente telefoto com zoom de 2x e, o mais barato, não. Fora isso, eles são quase idênticos e até “capinhas” iguais podem ser usadas em ambos modelos. A tela de ambos é de 6,1 polegadas. 

Além disso, há maior versatilidade de gravação de vídeo e fotos no iPhone 12 Pro. No evento de lançamento, a Apple prometeu que, em breve, os modelos poderão clicar fotos em “Apple RAW”, formato “cru” que permite maiores possibilidades na edição das imagens e guarda mais informações. Também, os modelos mais caros poderão gravar vídeos no padrão “Dolby Vision”.

Mais caro de todos, o iPhone 12 Pro Max custa a partir de R$ 10.999 no Brasil e, a depender da quantidade de memória interna, o valor sobe até R$ 13.999. O destaque deste modelo é a tela maior, com 6,7 polegadas. Para comparação, o iPad Mini, menor tablete vendido pela Apple, tem um display de 7,9 polegadas. 

Na caixa, nenhum dos dispositivos verá fone de ouvido ou carregador – como era praticado em todos os anos anteriores e, em praticamente, ainda é por toda a competição. As únicas coisas além do smartphone em si dentro da caixa são um cabo USB-C para Lightning e a papelaria. 

Fonte: Agencia Brasil