Adeus, Isba! Ex-alunos e professores ato com homenagens emocionadas ao colégio; veja

Ex-alunos, professores e funcionários do Colégio ISBA realizaram na tarde deste sábado (07) um ato de despedida da instituição de ensino que anunciou no final de outubro que fechará suas portas. Eles se reuniram em frente ao portão do colégio, localizado no bairro de Ondina, e fizeram uma série de homenagens. Assista: 

Após 56 anos de funcionamento, o Colégio ISBA, um dos mais tradicionais de Salvador, localizado no bairro de Ondina, vai fechar suas portas ao final de 2020. A decisão foi anunciada no dia 22 de outubro e partiu da mantenedora, Associação Brasileira de Educação Familiar e Social (Abefs), que resolveu encerrar seu trabalho na Educação Básica neste ano.

O Centro Universitário do Instituto Social da Bahia (Unisba), faculdade que também é mantida pela Abefs, e o Teatro ISBA continua funcionando.

Leia mais: ‘Parte da minha vida’: ex-alunos e professores se despedem do Colégio Isba

Em comunicado enviado à comunidade acadêmica, a Abefs explica que a “atual crise econômica e o processo de reconfiguração política e social do País, potencializados pela pandemia de COVID-19, impuseram a ressignificação de instituições como o ISBA”.

“Ciente desta nova conjuntura, Associação Brasileira de Educação Familiar e Social tem redimensionado estrategicamente sua atuação no Brasil. Agora, a entidade resolveu encerrar seu trabalho com Educação Básica no final de 2020”, explicou.

Reprodução

No post que anuncia a decisão, a escola informa ter elaborado um Plano de Ações que prevê a integralização da carga horária prevista para o ano letivo de 2020, com cumprimento do calendário escolar; a manutenção do atendimento às famílias e aos discentes pela Abefs até dezembro de 2021; a garantia dos direitos trabalhistas; e o cumprimento dos compromissos firmados com parceiros comerciais e acadêmicos.

Ainda na postagem, a Abefs agradece aos estudantes, ex-alunos e suas famílias pela confiança; aos professores e profissionais administrativos pelo zelo; e aos parceiros comerciais e acadêmicos pela viabilização das suas atividades. “Confiamos que, também neste momento, todos estarão empenhados pela garantia de um processo de transição tranquilo e respeitoso”, finalizou a entidade no comunicado.

Fonte: Correio