Com aumento de casos de covid-19, prefeitura adia liberação de praias aos fins de semana

A reabertura das praias aos finais de semana e feriados em Salvador não deve acontecer nos próximos dias. A possibilidade foi descartada pelo prefeito ACM Neto, devido ao aumento do número de internações por covid-19 na cidade. 

“Nós vimos um movimento que nos preocupou. Houve um aumento na demanda por leitos na rede particular de saúde”, afirmou o prefeito, durate o evento de inauguração das obras de requalificação da Rua do Curuzu, na Liberdade, na última sexta-feira (6). 

De acordo com ACM Neto, alguns hospitais estão até tendo que remobilizar leitos, aumentando a quantidade de vagas para casos de coronavírus. Já em outras instituições da rede particular, o número de pacientes cresceu.  “Isso acendeu a luz amarela”, disse. 

Por isso, a cautela para a liberação das praias.  “Se está tendo esse movimento, o que nós precisamos agora? Prudência, cautela. Precisamos agir com segurança. Daí o motivo para, por ora, não anunciarmos a abertura das praias no fim de semana. Vamos aguardar um pouco mais. Pode ser que na próxima semana os indicadores sejam mais tranquilos e que a gente possa retomar o anúncio das flexibilizações de ativifades. Por enquanto, fica tudo como está”, disse.

Esse aumento está sendo registrado primeiro na rede particular, o que remonta à ocasião dos primeiros registros de covid-19 em Salvador. Na época dos primeiros casos na cidade, a primeira a ser atingida foi a rede privada. 

“Nunca é demais lembrar: quando o coronavírus chegou em Salvador, chegou pela classe media alta. Isso impactou, em um primeiro momento, uma rápida ocupação dos leitos da rede particular. O crescimento do aumento dos leitos da rede particular cresceu antes da rede pública. Depois pandemia se espalhou para outros bairros e atingiu classe mais baixa”, completou o prefeito. 

Fonte: Correio