Mariana Ferrer: Advogado de réu absolvido de estupro humilha vítima em tribunal

Um vídeo divulgado em reportagem exclusiva do “The Intercept Brasil” nesta terça-feira (3) mostra Cláudio Gastão da Rosa Filho, advogado do empresário André de Camargo Aranha, acusado de estuprar a modelo Mariana Ferrer, humilhando a mulher em uma sessão do julgamento. Ele mostra fotos à vítima, diz que ela posou em “posições ginecológicas” e, aos prantos, a mulher pede respeito. 

O caso foi julgado em setembro, mas as imagens foram divulgadas apenas nesta terça. Nas cenas do julgamento que inocentou André de Camargo Aranha, a modelo chora e se diz humulhada pelo advogado.

Protestos acalorados nas redes sociais levaram o tema a ser o mais discutido no Twitter brasileiro. “Estupro culposo é quando não há intenção de punir o estuprador”, escreveu uma usuária. O termo foi cunhado pelo site ‘The Intercept Brasil’, responsável por trazer à tona o julgamento do caso, mas não foi usado nos autos pelo Ministério Público de Santa Catarina.

Figuras importantes do Judiciário, como o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), se manifestaram sobre o caso na rede social. 

“As cenas da audiência de Mariana Ferrer são estarrecedoras. O sistema de Justiça deve ser instrumento de acolhimento, jamais de tortura e humilhação. Os órgãos de correição devem apurar a responsabilidade dos agentes envolvidos, inclusive daqueles que se omitiram”, escreveu o decano. 

Fonte: Agencia Brasil