Destino do Louro José é incerto após a morte de Tom Veiga, diz Ana Maria

O destino do personagem Louro José ainda é incerto após a morte do ator Tom Veiga, que interpretava o papagaio ao lado de Ana Maria Braga, no Mais Você. Em entrevista exibida nesse domingo (8) pelo Fantástico, a apresentadora falou que o personagem é eterno.

“São entidades que nunca se misturaram. Então, agora, nesse momento, eu perdi o grande amigo, o Tom, e o meu filho, o Louro. Mas você olhando pra isso de frente, na verdade o Louro José existe. Ele pode não existir na interpretação magnífica do artista Tom Veiga, né? Que deu vida a esse personagem. Mas o personagem vai continuar existindo. Porque não tem como, se você pegar os grandes personagens aí, de qualquer… Da nossa vida, né? De Mickey Mouse a… Eles fazem aniversário e são eternos, né? E o Louro vai ser eterno pra sempre, né?”, disse Ana.

Questionada se o personagem não sairia do ar, ela explicou que ainda não sabe. “Eu acho que é muito cedo pra se dizer qualquer coisa, né? Mas obviamente o Tom é inigualável”, completou.

Abalada pela morte precoce do amigo, Ana Maria disse que vai sentir mais falta da parceria nesta semana, visto que, na semana passada, o programa fez diversas homenagens ao personagem e ao ator. 

“Eu sinto a falta dele desde segunda-feira, quando eu voltei a trabalhar. Mas essa semana, como a gente tá fazendo uma semana especial, né? A gente tá fazendo uma semana de homenagens a ele, ele tá no programa, né? Em todos os momentos. Aí eu rio e choro ao mesmo tempo. Então eu ainda não… Sabe quando você ainda não caiu na real? De que mesmo sabendo de tudo isso, da realidade, eu acho que a partir da próxima semana é que a gente começa a fazer o programa. Vai ser um novo recomeço, eu acho. Tão difícil quanto”, desabafou.

A apresentadora disse que o compromisso com o trabalho foi o que lhe deu força para conseguir apresentar o Mais Você logo no dia seguinte à morte de Tom. “Eu fiquei preocupada comigo mesmo. Mas também, o sentimento de respeito pelo meu trabalho, acho, por tudo aquilo que já representou e todos os problemas que eu já passei na minha vida, eu sempre soube que eu tinha essa capacidade de enfrentá-los de verdade. A gente tem que se superar e superar os medos. Eu fiquei arrasada com a notícia. Eu não queria acreditar. Essa é a primeira reação que você tem, é a negação”, contou.

Fonte: Correio