Final da Sul-Americana será no dia 23 de janeiro, na Argentina

A final única da Copa Sul-Americana será disputada no dia 23 de janeiro de 2021, no estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, na Argentina. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (9) pela Conmebol, após reunião com dirigentes da entidade e da Associação de Futebol Argentino (AFA).

O Bahia é um dos dois representantes brasileiros nas oitavas de final do torneio, junto com o Vasco. O Esquadrão medirá forças com o Unión de Santa Fé, com partidas marcadas para o dia 24 de novembro, na Arena Fonte Nova, e no dia 1º de dezembro, em Santa Fé, na Argentina. Já o cruz-maltino encara o Defensa y Justicia.

“Estamos comprometidos e vamos fazer o maior esforço para que, apesar do que estamos vivendo, seja uma final que fique na história e que transmita a paixão do futebol sul-americano”, disse Claudio Tapia, presidente da AFA. Além dele, esteve na reunião Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

A entidade ainda não confirmou a data e o local da final da Libertadores, que, inicialmente, aconteceria no Maracanã. Quando anunciou o retorno dos dois torneios, a Conmebol tinha reservado três datas: 23 de janeiro, 24 de janeiro e 30 de janeiro de 2021. Assim, a tendência é que a última seja a escolhida para abrigar a decisão da principal competição de clubes da América do Sul.

A Conmebol também não se manifestou sobre a possibilidade de que as finais recebam público. Atualmente, os jogos da Copa Sul-Americana e da Libertadores não têm a presença da torcida. 

Fonte: Correio