'Enquanto negra, não posso ser de partido contra cotas raciais', diz Laina Crisóstomo

Comprometimento, engajamento social e expansão do projeto político agregador dentro da Câmara de  Vereadores de Salvador. É assim que a vereadora eleita Laina Crisóstomo (PSol), a primeira eleição de um mandato coletivo na capital baiana, pretende colocar em prática a partir de 2021. 

“Precisamos lembrar de onde a gente veio para ver o lugar onde queremos chegar. Precisamos desbravar os caminhos para  as nossas gerações”, ressaltou a vereadora que foi a convidada desta sexta-feira (27) do programa Conexões Negras comandado por Midiã Noelle no Instagram do jornal Correio (BA). 

Na conversa, Laina ressaltou a importância de se ter mulheres na política e reforçou que é fundamental que haja uma coerência entre a fala e as ações. “Enquanto mulher negra eu não posso ser de um partido que é contra cotas raciais”, destacou a vereadora lembrando que foi eleita para ser vereadora da cidade inteira. 

Reveja o bate papo sobre sororidade, feminismo negro e a ocupação de mulheres negras nos espaços políticos.

Fonte: Correio