Paola Reis fala sobre preconceito e busca pela vaga nos Jogos de Tóquio

A baiana Paola Reis busca a vaga do BMX nos Jogos Olímpicos de Tóquio (Arisson Marinho/ Arquivo Correio)

Aos 21 anos, ela está na dúvida se prefere fazer faculdade de medicina ou fisioterapia, mas tem uma certeza: quer estar nos Jogos Olímpicos de Tóquio no ano que vem representando o Brasil num esporte ainda pouco popular por aqui: o bicicross. 

Para alcançar o feito, a baiana Paola Reis adiou os planos de ingressar na universidade e está totalmente concentrada em conseguir a vaga olímpica. Primeira nordestina a vencer o Campeonato Brasileiro de Bicicross, ela encara não apenas as adversárias, mas também o preconceito e a falta de estrutura adequada para treinamentos de alta performance. 

Você pode ouvir no player abaixo ou fazer o download:

Também é possível escolher o seu aplicativo favorito para ouvir o nosso podcast:

Para ouvir no Deezer, clique aqui.
Para ouvir no Spotify, clique aqui.
Para ouvir no Apple Podcasts, clique aqui.
Para ouvir no Google Podcasts, clique aqui. 

QUE PODCAST É ESSE? Bate-Pronto é uma produção semanal do CORREIO. Nele, trazemos sempre programas temáticos para debater algum conteúdo esportivo que tenha relação com a Bahia.

MAS O QUE É PODCAST? É um programa de áudio igualzinho a um de rádio, mas que você pode ouvir quando, onde e como quiser – pulando, pausando ou adiantando os trechos, se preferir. Basta ter um aplicativo de músicas (como Spotify), um aplicativo para podcasts (do Google ou da Apple) ou simplesmente dar o play na janela acima.

Fonte: Correio