Rodrigo Chagas agradece chance como interino: 'Maior desafio'

Após a saída de Eduardo Barroca, que aceitou proposta para treinar o Botafogo, o técnico Rodrigo Chagas será o responsável por comandar o Vitória diante do CRB, pela 24ª rodada da Série B. O jogo será neste sábado (28), às 18h30, no Barradão.

Rodrigo, que é atualmente o técnico da equipe sub-20 do Leão, agradeceu a oportunidade de treinar o Leão. O ex-jogador tem histórico no rubro-negro: ele foi revelado pelo clube e fez parte do time que foi vice-campeão brasileiro em 1993.

“Quero agradecer a oportunidade que me está sendo dada, de assumir o clube em que tenho todas as origens. Me faz retroceder no tempo, quando comecei como atleta. Hoje, poder estar à frente desse clube, mesmo que seja em um momento não oportuno… Mas acho que a oportunidade não espera. Você tem que estar preparado, independentemente do momento. Com os resultados que estamos tendo com o sub-20, com um trabalho muito bom no Campeonato Brasileiro… Essa oportunidade está sendo me dada pelo presidente Paulo Carneiro, por quem tenho um carinho muito grande, um respeito. Espero poder realizar um grande trabalho”, disse o técnico interino.

“Espero fazer com que os atletas entendam minha filosofia, minha ideia de jogo, para que a gente possa colocar o Vitória em um plano alto, gigante, que todos nós desejamos, que é realizar um grande trabalho, mesmo que seja nesse momento como interino. Mas sempre buscando uma alta performance, colocar o Vitória na primeira divisão”, continuou.

Em sua carreira como jogador, Rodrigo Chagas acumulou passagens pelo Bayer Leverkusen, da Alemanha, Corinthians, Cruzeiro, Sport, Ponte Preta, entre outros times. Como treinador, assume que este será o maior desafio, ainda que seja de forma interina. O Vitória atualmente ocupa a 16ª colocação da Série B, com 26 pontos.

“Sabemos do desafio, que é muito grande. Conheço muitos atletas do clube. Nesse momento, a gente tem que fazer com que todos os atletas possam estar reunidos mais do que nunca, que possam ter o sentimento de família. Por ser ex-atleta, por ser um jogador com todas as raízes no clube, e torcedor do clube, espero que possamos criar essa identidade com os atletas e ter esse desafio como o maior desafio em minha história como treinador. É um desafio muito importante na minha vida, que eu espero poder aproveitar da melhor maneira possível”, comentou.

“Sei que tenho a confiança dos profissionais que estão no clube, a começar pelo presidente. Tenho certeza de que vamos realizar um grande trabalho, é dentro disso que vou buscar sempre. Estar motivando os atletas, para que a gente possa dar um pouco de alegria a nossos torcedores, que eles estão precisando. A gente vai buscar isso, momento a momento. Espero que a gente possa realizar um grande jogo amanhã e que seja o ponto de partida para que a gente chegue à Série A”, seguiu o treinador.

Fonte: Correio