Bandeira dois em dezembro será opcional para os taxistas

Dezembro começa na terça-feira e com ele chega a bandeira dois nos táxis de Salvador, que pelo quarto ano será facultativa, segundo Denis Paim, presidente da Associação Geral de Taxistas (AGT)

A mudança para ser uma cobrança opcional foi fortalecida por conta da concorrência com motoristas que prestam serviços para aplicativos e, desde então, a maioria da categoria tem optado por não usar a bandeira dois.  Esse ano, com a crise trazida pela pandemia, a decisão foi reforçada. 

“Será facultativo mais uma vez esse ano. Passageiro poderá entrar no veículo e conversar com o taxista. A dificuldade está muito grande pra gente. Todos os anos fizemos sempre isso, acordo com o passageiro. Há 4 anos com a chegada dos aplicativos ficou mais constante”, afirmou Paim.

Ele afirma que a pandemia afetou bastante os ganhos da categoria. “Demoramos até quatro horas na fila para fazer uma corrida”, diz. “Às vezes retornamos para casa sem fazer uma corrida”, diz.

Os passageiros devem manter diálogo com motorista para saber se a corrida está rodando na bandeira 1 ou 2. O uso da bandeira dois no mês de dezembro é algo previsto na lei nº 9.283/17, que determina dias e horários para uso. Atualmente, a bandeira de táxi está a R$ 4,81 em Salvador. Na bandeira 1, o km rodado custa R$ 2,42 e na bandeira 2 fica a R$ 3,38.

Fonte: Correio