Acidente com prato de vidro mata menina de 4 anos no Pará; mãe faz alerta

Stephanie caminhava com prato e caiu sobre o material

Stephanie caminhava com prato, em casa, e caiu sobre o material (Foto: Reprodução/Revista Crescer)

Um acidente doméstico que virou uma tragédia em Mojui dos Campos, no Pará, pode servir de alerta para muitos pais que costumam deixar os filhos manusearem materiais feitos de vidro. A pequena Stephanie, de apenas 4 anos, acabou morrendo, no dia 23 de novembro, devido a um acidente com um prato do tipo.

A menina estava almoçando e quando foi sair da mesa com o utensílio acabou se desequilibrando e caindo sobre ele. O vidro cortou sua garganta e ela foi levada, às pressas, para o hospital.

“A garganta dela sangrou muito. Corri para o hospital, mas não deu tempo”, contou a mãe, Rosiete Arruda Meireles, 30 anos, à revista Crescer.  

O laudo sobre a morte da menina, que a publicação teve acesso, aponta que ela teve uma lesão cortocontusa profunda na região cervical, que é quando ocorre pressão de um agente causal em algum vaso sanguíneo. O documento que explica as causas do óbito indica ainda um sangramento extenso e parada cardirespiratória, sem pulsos presentes. 

Antes disso, os médicos tentaram fazer a reanimação cardiopulmonar por aproximadamente uma hora, mas Stephanie, infelizmente, não resistiu.

A mãe contou que a filha nunca tinha sofrido um acidente doméstico e que está sendo um momento muito difícil: “A dor é horrível, a qual não desejo para ninguém”. 

Diante do trauma irremediável, Rosiete faz um alerta a outros pais. “Apesar de isso ser uma fatalidade, por favor evite dar copos ou pratos de vidro para seus filhos”, orientou.

Saudade
Stephanie era uma criança muito ativa e alegre, e tinha uma irmã, Kayla, 10. “A memória que sempre vou guardar dela e a hora que ela acordava e me abraçava e dizia que ainda não queria tomar banho, porque aqui no interior é muito frio. Vou sentir muita falta também, pois ela sempre dormia comigo. Agora, eu acordo e ela não está ao meu lado”, declarou Rosiete, emocionada. 

“Esse momento está sendo muito difícil para todos nós! Ela era uma criança saudável, não reclamava de nada. Minha filha era muito esperta”, concluiu.

Recomendação
Segundo um representante da Sociedade Brasileira de Pediatria, copos e pratos de vidro são extremamente perigosos para as crianças. Caso seja quebrado, o vidro pode ocasionar cortes nas mãos, braços e pernas dos pequenos. 

Além disso, pode atingir os olhos e até mesmo regiões vitais como o pescoço. Para evitar esse tipo de acidente, é recomendável nunca deixar as crianças manipularem objetos de vidro. 

Fonte: Correio