Prefeito de Salvador fala sobre os desafios de liderar em cenários adversos; assista

Um bate-papo leve e com ares informais. Conversa mesmo, sabe? Foi por aí que o tom da palestra que o Prefeito de Salvador, ACM Neto deu para o programa Papo de Mercado, organizado de forma virtual pelo Centro Universitário UniRuy durante o finalzinho de tarde e início de noite desta quinta-feira (10). O tema da palestra foi “Liderando na complexidade” e partindo disso o Prefeito enumerou alguns pontos que acha fundamental para uma pessoa que se propõe a liderar qualquer tipo de organização.

Planejamento, transparência, presença, exemplo, responsabilidade e poder de decisão. Esses foram alguns pilares que atravessaram a fala do Prefeito durante a palestra. Mas antes de tudo isso, segundo Neto, o importante é ter uma equipe que vista a camisa e saiba muito bem qual é o foco do trabalho desenvolvido.

“Sozinho eu não teria capacidade de fazer 1% do que fiz na cidade. Sempre tive noção que precisa ter pessoas qualificadas, preparadas, que trabalhe como um time. Comigo todo mundo sempre vestiu a camisa. Isso não quer dizer que acertamos em tudo, que o tudo que fizemos deu o resultado esperado, mas o fato de ter uma equipe entrosada, com cada um sabendo qual é o seu papel foi decisivo para tudo, não apenas no enfrentamento à pandemia, mas  ao longo desses 8 anos”, afirmou.

Estar próximo dos seus ‘3 milhões de patrões’ foi algo que classificou como fundamental. ACM Neto afirmou que o grande ponto de virada de sua gestão foi em 2015, quando a capital baiana sofreu com chuvas e uma série de deslizamentos aconteceu, deixando vítimas fatais e outras famílias sem casas.

“Eu dizia em 2012 que não iria procurar culpados ou desculpas, vou encarar o problema, encarar responsabilidades e resolver. A primeira coisa é ter a capacidade de entender e enfrentar o problema. As pessoas não esperam que sejamos super-herois, mas querem ver compromisso, trabalho e presença”, disse.

Sobre o trabalho na pandemia, ele não escondeu que foi algo que o pegou de surpresa – ainda mais em seu último de gestão, quando planejava, em suas palavras “colher os frutos plantados no início do trabalho”. 

Logo que os primeiros casos foram confirmados no país, ACM Neto acreditava que a capital baiana não demoraria muito a ver a sua vez chegando. E aí apontou uma outra característica que definiu como fundamental para quem quer assumir uma posição de liderança: definir foco. 

” Na pandemia eu defini que o foco era salvar vidas, preservar a saúde pública. Com isso, você embasa as suas decisões para atingir o seu objetivo. É preciso ter foco e clareza no objetivo e concentrar suas ações dirigidas para isso. Por isso é importante a transparência e capacidade de resposta. Aí mesmo que quando você desagrada vários setores, você manter a sua coerência e isso é fundamental”, declarou.

A pandemia também o fez praticar um controle emocional que ainda desconhecia. A carga de trabalho aumentou ainda mais e era preciso lidar com pressão vinda de diversos setores.

Confira a íntegra da palestra logo abaixo.

Fonte: Correio