Edgard Abbehusen: 'Estar vivo é a grande conquista de todos nós em 2020'

Sobreviver a 2020 foi uma das batalhas mais duras que eu já travei. Chego no último mês do ano cansado, exausto, triste por muitas perdas e por muitos sonhos que tiveram que ser adiados. ⠀

É difícil não lamentar um ano tão turbulento como esse. É difícil querer focar o tempo todo na positividade, quando no fundo a gente só quer chorar. Esse foi um ano que perdemos muito. Vidas foram perdidas, empregos foram perdidos, muita gente se perdeu. É como se todos os países do mundo, ao mesmo tempo, perdessem uma copa do mundo. E de goleada. É como se vários aviões lotados de pais, de mães, de avós, de pessoas com histórico de atleta, caíssem ao mesmo tempo todos os dias. Deixando famílias em luto. ⠀

Enfrentamos vários vírus. O vírus da ignorância. O vírus mortal que causa medo e fez todo mundo mudar um pouco a sua rotina. O vírus da desvalorização da ciência. O vírus da falsa informação propagada pelo whatsapp e o vírus da inoperância de quem deveria nos proteger. Se tem uma coisa que cada um de nós deve comemorar esse ano, apesar de tudo, é a possibilidade de poder pensar em recomeçar. Estar vivo é a grande conquista de todos nós em 2020. ⠀

Viver, ainda que com os olhos marejados de tanto chorar por tantas coisas que tivemos que enfrentar; ainda que com a dor recente por perder um parente, um amigo, um amor, uma companhia; ainda que com o coração apertado e cansado por todas essas notícias (as absurdamente verdadeiras que temos que acompanhar todos os dias nos jornais) sobreviver foi e continuará sendo um desafio.

Se você me pedisse um conselho para 2021 seria exatamente esse: Continue sobrevivendo. Continue lutando. Continue buscando o seu melhor. Continue acreditando na ciência. Sempre que puder, plante amor. Por onde você passe, em cada palavra que você doar as pessoas, que seja doce. A esperança é força que move tudo a nossa volta. Aumenta a nossa imunidade. Com certeza, com esperança, chegamos até aqui. E faremos desse ritual de passagem, uma chave que nos abrirá portas, caminhos e novas possiblidades.

Ah! E eu também te daria mais um conselho: Quando você tiver a oportunidade de tomar uma vacina contra o coronavírus: se jogue!

Fonte: Correio