União Europeia visa vacinação simultânea de 450 milhões de pessoas em 27 países

A União Europeia, bloco composto por 27 países do velho continente, deverá começar a vacinar sua população contra o novo coronavírus em todos os países integrantes ao mesmo tempo, assim que o imunizante for aprovado pelo órgão regulador europeu.

“Começaremos a vacinação o mais rápido possível todos juntos, todos os 27, no mesmo dia, da mesma forma que passamos por esta pandemia juntos”, afirmou Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, durante sessão do Parlamento Europeu realizada nessa quarta-feira (16).

De acordo com as expectativas da Agência Europeia de Medicamentos (AEM), sediada nos Países Baixos, a campanha de vacinação contra a covid-19 deverá começar antes mesmo do Natal. O órgão também adiantou para 21 de dezembro uma reunião que discutirá a liberação da vacina desenvolvida pela Pfizer em parceria com a BioNTech.

“Cada dia importa. Trabalhamos a toda velocidade para autorizar as vacinas que são seguras e efetivas. É muito bom que a AEM tenha adiantado a reunião para discutir a vacina da Pfizer/BioNTech antes do Natal. Provavelmente os primeiros europeus serão vacinados antes do fim de 2020”, concluiu von der Leyen.

A União Europeia atualmente trabalha com seis vacinas que estão sendo desenvolvidas para combater o novo coronavírus. Além da Pfizer/BioNTech, também foram compradas vacinas da AstraZeneca, CureVac, Johnson & Johnson, Moderna e Sanofi-GlaxoSmithKline. Caso todos estes imunizantes sejam aprovados, serão ao todo dois bilhões de doses para 450 milhões de habitantes.

Fonte: Correio