Fora de casa, Vitória joga mal e perde do lanterna da Série B

No duelo de rubro-negros, foi o Oeste quem se deu melhor. Diante do lanterna da Série B, o Vitória perdeu por 2×1 na tarde desta sexta-feira (18), na Arena Barueri, pela 30ª rodada. O jogo foi marcado por um pênalti bizarro cometido por Romisson e a expulsão de Mateus Moraes, que foram seguidos pelos dois gols do Rubrão, feitos por Fábio e Matheus Rocha. No fim, Lucas Cândido descontou.

Com a derrota, o Leão segue com 36 pontos e se mantém, provisoriamente, na 14ª colocação da segundona. Mas pode ser ultrapassado pelo CRB, que tem 34 e joga neste domingo (20), às 18h15, no Rei Pelé. O complemento da rodada também pode fazer a distância para a zona de rebaixamento, que é atualmente de cinco pontos, diminuir.

Na próxima rodada, o Vitória será mais uma vez visitante. A equipe vai até o Alagoas, onde enfrenta o CSA no estádio Rei Pelé na terça-feira (22), às 19h15. Matheus Frizzo, por ter levado o terceiro cartão amarelo diante do Oeste, será desfalque. Assim como Mateus Moraes, pelo vermelho.

Pressão e pênalti infeliz

O Vitória entrou em campo com várias alterações, pelo alto número de desfalques. Sem Maurício Ramos, lesionado, e Wallace, suspenso, o jovem Mateus Moraes, de 19 anos, ganhou a vaga na zaga ao lado de João Victor. No meio, o volante Guilherme Rend e o meia Fernando Neto deram lugar a Eduardo e Romisson. E, no ataque, Jordy Caicedo foi o substituto do machucado Léo Ceará. 

Durante os primeiros minutos, o Vitória deixou o Oeste ficar mais com a posse de bola. Enquanto os anfitriões trocavam passes no campo rubro-negro, o Leão se defendia e tentava sair em velocidade. Aos 15 minutos, Rafael Carioca recebeu na intermediária ofensiva e cruzou para a área. O goleiro Caíque França socou para afastar e Luanderson, que também estava na jogada, evitou o gol.

Dois minutos depois, outro bom momento rubro-negro. Caicedo recebeu e finalizou quase na pequena área, só que Vitão desviou a bola, que saiu pela linha de fundo.

Aos 21, veio a primeira chance de perigo do Oeste. Léo Ceará – da equipe paulista, não do Vitória -, ganhou a bola na direita e chutou cruzado. Yuri impediu com os pés. Na sequência, Lídio aproveitou a sobra e chutou de longe, obrigando o goleiro do Leão a se esticar todo e fazer nova boa defesa.

O rumo do jogo mudou aos 28 minutos. Pedrinho fazia jogada pela lateral e cruzou em direção à área. Romisson, como um goleiro, tirou a bola com a mão. O árbitro viu e marcou o pênalti. Fábio cobrou e abriu o placar para o Rubrão.

O Leão tentou o empate aos 41 minutos, quando Thiago Lopes foi lançado e ganhou de Vitão na velocidade. O meia, porém, chutou torto e a bola foi pela linha de fundo.

Com um a menos

Atrás no placar, o Vitória voltou para o segundo tempo com Ewandro e Lucas Cândido nos lugares de Eduardo e Romisson. Mas viu o Oeste ter a primeira boa chance da etapa, quando, após a bola ser lançada na área, Fábio ajeitou no peito e Kauã mandou um chutaço. Yuri se esticou e a redonda passou perto do gol.

A pressão dos anfitriões continuou e, aos 9 minutos, após cobrança de falta, Maurício desviou de cabeça com perigo, com a bola indo por cima do gol rubro-negro.

Enquanto isso, o Vitória seguia com dificuldade em atacar e fazia um segundo tempo fraco. Aos 25 minutos, a situação do time ficou ainda mais complicada: o estreante Mateus Moraes derrubou Pedrinho na entrada da área e foi expulso. Na cobrança da falta, Matheus Rocha mandou uma bomba e ampliou.

No último lance, veio o gol do Leão. Lucas Cândido cobrou falta com veneno, enganou Caíque França e assinalou o 2×1.

FICHA TÉCNICA

Oeste 2×1 Vitória – 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Oeste: Caíque França, Matheus Rocha, Victor Lisboa, Luanderson (Caetano) e Salomão (Maurício Barbosa); Lídio, Caio Vinícius (Diogo), Léo Ceará (Bruno Lopes), Kauã Jesus (Betinho) e Pedrinho; Fábio. Técnico: Roberto Cavalo.

Vitória: Yuri, Van, João Victor, Mateus Moraes e Rafael Carioca; Matheus Frizzo (Samuel), Eduardo (Ewandro), Romisson (Lucas Cândido) e Thiago Lopes; Vico (Gerson Magrão) e Jordy Caicedo (Mateusinho). Técnico: Mazola Júnior.

Estádio: Arena Barueri, em São Paulo
Gol: Fábio, aos 30 minutos do primeiro tempo; Matheus Rocha, aos 26 minutos, e Lucas Cândido, aos 51 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Caio, Victor Lisboa, Lídio, Bruno Lopes e Maurício Barbosa, do Oeste; Romisson, Matheus Frizzo e Lucas Cândido, do Vitória.
Cartão vermelho: Mateus Moraes, do Vitória
Arbitragem: Luiz Paulo de Moura Pinheiro, auxiliado por Fabio Rodrigo Rubinho e Renan Antonio Angelim Rodrigues (trio do Mato Grosso).

Fonte: Correio