Após ser barrado em aeroporto, ex-BBB diagnosticado com Covid-19 pede desculpas

O ex-BBB e psicólogo Victor Hugo divulgou uma nota em suas redes sociais para esclarecer porque foi impedido de embarcar no Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Maceió. Ele tentava voltar para a sua casa, em Imperatriz, no Maranhão, após ficar internado por complicações da Covid-19.

No dia 25, ele recebeu alta do Hospital Metropolitano de Alagoas, após cinco dias internado. Na segunda (21), Hugo precisou ir para um leito de UTI (Unidade de terapia intensiva), mas logo se recuperou e voltou para a enfermaria.

Segundo a Secretaria de Saúde de Alagoas, ele recebeu alta “após uma melhora expressiva no quadro clínico” e que iria “finalizar o seu tratamento em isolamento em sua cidade natal”.

“Fui orientado pela maravilhosa equipe médica que me acolheu nos últimos dias que eu já não apresentava mais nenhum sintoma de Covid, estando curado e por isso me deram alta; me orientaram que eu deveria ir pra casa, repousar”, escreveu o ex-BBB.

Na nota, ele narra que procurou o aeorporto e a companhia aérea com antecedência pois tinha medo de ser reconhecido e criticado ao embarcar.

Sem sucesso com o contato telefônico, ele dediciu ir até o aeroporto e procurou diretamente o guichê da Azul, onde teve o embarque autorizado. Ele, então, se dirigiu à fila de embarque.

“Percebi que havia pessoas que se sentiram incomodadas com a minha presença e pouco depois um agente solicitou que eu o acompanhasse novamente ao guichê”.

Lá, ele apresentou novos documentos e foi impedido de embarcar. A companhia, decidiu então, remarcar o voo de Hugo.

Durante o processo de embarque, imagens de Victor Hugo no aeorporto foram colocadas nas redes sociais. Em uma das postagens, uma seguidora contou que ele usava máscara abaixo do queixo e tossia muito. Ela pegaria o mesmo voo que ele, mas agradeceu por ele ter sido impedido.

Em nota, ele negou que estava tossindo e que usou máscara o tempo todo. A Azul informou ao site G1 que os documentos médicos apresentados apontavam laudo positivo para Covid-19 e requisitaram a ele uma quarentena de 15 dias após a data.

Segundo o ex-BBB, a declaração da companhia não faz sentido, já que ele conseguiu uma passagem para este domingo (27) e já está retornando para o Maranhão.

Fonte: Agencia Brasil