Argentina legaliza morte de crianças com 'anuência do Estado', diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta quarta-feira (30) a legalização do aborto na Argentina, afirmando que as “vidas das crianças argentinas” poderão, de agora em diante, ser “ceifadas” com “a anuência do Estado”.

“Lamento profundamente pelas vidas das crianças argentinas, agora sujeitas a serem ceifadas no ventre de suas mães com anuência do Estado”, escreveu no Twitter o presidente, que tem forte apoio das igrejas neopentecostais, fervorosamente contrárias à legalização do aborto.

Fonte: Agencia Brasil