Paredão da vergonha: vídeos mostram aglomeração e música no ferry-boat no Réveillon

Se alguém contasse, talvez você não acreditasse. Diria que era exagero ou coisa do tipo. Mas foram necessários vídeos – e não foram poucos – para eternizar a ‘proeza’. As festas estão proibidas na Bahia, mas vídeos que circulam pelas redes sociais mostram que na noite do dia 31 de dezembro, durante uma viagem de ferry-boat – aconteceu uma festa paredão improvisada dentro da embarcação.

Durante o embarque no Terminal de São Joaquim, algumas pessoas promoveram um paredão dentro de uma das embarcações, que seguia lotada para a Ilha de Itaparica. As pessoas estavam sem máscaras – outras usando o acessório embaixo do queixo – dançando, bebendo, entre os carros – um deles com equipamento de paredão. 

Pelas imagens, que foram enviadas por leitores ao @correio24horas, é possível ver dezenas de pessoas aglomeradas e fora dos carros. Uma caminhonete com um paredão estava na embarcação. 

O CORREIO procurou a Internacional Travessia Salvador, administradora do sistema ferry-boat para saber se houve fiscalização, se a aglomeração está aliada à demora de horas para conseguir embarcar no ferry boat, por exemplo. A assessoria de comunicação da empresa informou que está se inteirando da situação para então responder. 

A reportagem também procurou a Secretaria de Segurança Pública (SSP) , além da Polícia Militar (PM) e da Polícia Civil (PC), mas até agora não teve resposta.

Veja:

*Mais informações em instantes 

Fonte: Correio