Polícia Militar acaba com festa para 700 pessoas em Itacaré

A Polícia Militar encerrou mais um evento irregular, no Sul da Bahia. Na madrugada desta quinta-feira (31), o mais novo flagrante ocorreu na cidade de Itacaré.

Cerca de 700 pessoas, a maioria sem máscara, foram encontradas por guarnições da 72ª CIPM, no bar Favela, localizado no Centro do município. 

O DJ que se apresentava, assim que acionado pelos militares, desligou o som e os clientes foram dispersados. A Polícia Civil convocará o responsável pelo estabelecimento comercial para prestar esclarecimentos.

Festa na casa de Elba
O empresário  Guilherme Souza, que alugou a casa de praia da cantora Elba Ramalho, em Trancoso, no sul da Bahia, promoveu uma festa clandestina para cerca de 400 pessoas. Ele disse que ficou arrependido e que era para ser algo muito pequeno, apenas com os hóspedes da residência.   

“Era um encontro apenas para os hóspedes da casa, mas infelizmente – com o boca a boca- tomou proporções inaceitáveis. Peço desculpas não só à Elba, mas à toda comunidade de Trancoso e não voltará a acontecer”, nos disse Souza. “Inclusive, diante do ocorrido, estou acatando o pedido da Elba para a rescisão do contrato de locação”, completou.
  
A residência, localizada na Praia dos Nativos, havia sido alugada do dia 25 de dezembro ao dia 4 de janeiro. A cantora não participou do evento, já que está hospedada no ClubMed, que fica 10 km de sua casa, desde o último dia 26 e permanecerá lá até o próximo dia 6. 

Elba contou que soube da aglomeração enquanto assistia a uma missa. Mesmo assim, foi duramente criticada por também participar da inauguração de uma loja de roupa, no dia anterior, no Quadrado. Na ocasião, não usava máscara de proteção. 

Fonte: Correio