Novas tramas

O artesanal combina tanto com a estação mais quente do ano, justamente quando queremos leveza ao vestir, que peças em crochê se tornaram clássicos do verão. Principalmente, no guarda-roupa feminino. Biquínis, tops, shortinhos, vestidos e saídas de praia proliferam em versões em tramas feitas à mão. 

A novidade agora é a aposta do crochê para os homens. Entre o final da década de 1960 e início dos anos 1970, o movimento hippie trouxe essa aposta como um modo de vestir libertário e sustentável. Tudo a ver com nosso momento agora no século XXI, quando a moda busca quebrar rótulos e uma atitude mais responsável com o meio ambiente. 

(Foto: Vinicius Moreira)

Para acertar nas escolhas, fique de olhos atentos para o shorts, regatas e jardineiras em crochê (tem até sunga). Dá para brincar com as transparências e comprimentos em produções bem frescas como fizemos nesse editorial, que dá boas vindas ao novo ano e celebra a liberdade de vestir.

(Foto: Vinicius Moreira)

Frescor tropical
A jardineira é peça única, mas não quer dizer que basta ela para fazer um look incrível. Tire proveito da modelagem mais livre e use por baixo uma camisa, ou camiseta, se for  estampada melhor ainda. 

Conjuntinho 
Look total em crochê está com tudo. Nessa composição apostamos no contraste de cores e na regata com uma trama mais aberta, para deixar bem fresh e se divertir com a transparência da peça. O shortinho é a cara do verão.

(Foto: Vinicius Moreira)

Tons em harmonia
Uma bela estampa tropical não tem erro, ela já ajuda a compor uma produção. Escolhemos uma com folhagens em um fundo azul na camiseta e coordenamos com um short bicolor. Nos pés chinelo para lembrar que os dias de verão são um convite ao conforto.

Fotos Vinicius Moreira (@vinicius_vm) Produção de Moda Leo Amaral (@leo_amaral) e Paula Magalhães (@paulamagalhaes1) Modelo Pedro Lins (@pedro_linss) da agência 40 Graus (@40grausbahia)

Todas as peças em crochê by Crocheteria de Mainha (@crocheteriademainha). Camisa estampada, camiseta e chinelo disponíveis na Renner (@lojasrenner)

Fonte: Correio