Rio prevê início da vacinação contra a Covid-19 ainda em janeiro

O secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, declarou na manhã deste domingo que ainda aguarda uma definição de data, mas deixou escapar que “com certeza nós começamos a vacinar este mês”.

Questionado se a Prefeitura havia recebido essa garantia do Ministério da Saúde, Soranz deu um leve sorriso e disse apenas que “nós temos a expectativa que comece assim que possível”. Soranz deu coletiva de imprensa após pronunciamento do prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM).

Segundo o prefeito, a cidade vai seguir o Plano Nacional de Imunização (PNI) e acrescentou que há a expectativa de que ele seja colocado em prática já a partir do próximo dia 20. O anúncio oficial será feito amanhã pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

“Amanhã o ministro Pazuello vai anunciar as datas do PNI. Eu ouvi até uma especulação que vai ser dia 20 de janeiro, que seria uma grande homenagem a São Sebastião, que é padroeiro da nossa cidade”, comentou o Paes, no breve pronunciamento feito ao lado do governador Cláudio Castro (PSC), no Palácio da Cidade, uma das sedes do governo municipal.

De início, a cidade do Rio espera vacinar 2,6 milhões de pessoas – cerca de 1/3 da população. Pelo plano, serão necessários 450 pontos de vacinação e 10,5 mil profissionais de saúde, que precisarão passar por treinamento.

Neste domingo (3), o Diário Oficial do Município informou a contratação de 150 leitos para tratamento de covid-19 na rede privada do Rio. Assim, 343 novos leitos, entre rede pública e privada, serão abertos no Rio ainda em janeiro.

Fonte: Agencia Brasil