Avó confunde música da Alexa com 'sons do além' e pensa que está morrendo

Quando vivo, a avó de Giulia Staar viu o pai dela, que estava “lúcido na cama”, levantar, comer dois ovos e, quando terminou a refeição, ouvir uma música “do além”. A história narra, na mente da idosa, que é espírita, como seria a morte. O homem havia dito à filha que escutava as notas enquanto a mãe dela, que tinha morrido à época, o chamava. “Logo depois, ele morreu”, escreveu Giulia. 

Na manhã no primeiro de janeiro deste ano, última sexta-feira, a avó da jovem acordou ao som de uma “musiquinha tocando de leve”. A sensação, e a história contada pelo pai, voltaram à cabeça da idosa – “A mãe estava indo buscar ela, finalmente, e ela estava morrendo”, narra a neta. A avó estava na casa para não ficar sozinha no fim de ano.

“Ela me contou que ficou rezando e dizendo ‘pelo amor de Deus, deixa eu chegar em casa primeiro para morrer. ‘Quero morrer na minha casa, perto das minhas coisas’. Ela estava crente que era o fim mesmo e ela iria morrer… rezava, mas a musiquinha não parava”, escreveu a neta pelo Twitter. 

Os acordes que vieram do além, contudo, não eram um anjo da morte, ou sequer um chamado da tataravó de Giulua neta à filha, mas o despertador programado para uma unidade da Alexa, caixa de som inteligente da Amazon. “Basicamente era a Alexa no meu quarto, que é programada para tocar todo dia às 6h30 da manhã”, riu a jovem. 

O desespero da avó dela, detalha, só acabou quando sua mãe a viu de joelhos no quarto, com as duas mãos no peito, rezando. “Explicou para ela que estava tudo bem, que não tinha nenhum espírito vindo buscá-la e que era, apenas, a Alexa”, disse. 

A idosa levou a situação com bom humor e, depois de entender o que ocorreu, caiu na risada junto à família. Com o susto, inclusive, a Amazon acabou por ganhar mais uma consumidora: “Minha avó decidiu que vai comprar uma Alexa! O Jogo virou gente. Vamos entrar no site da Amazon para comprar para ela. Ela amou que toca Frank Sinatra só falando o nome dele, e que a Alexa lê receitas”, concluiu Giulia. 

Fonte: Agencia Brasil