Visitantes ficam 'presos' com dinossauros; Prefeitura nega fechamento de parque

Os visitantes da Lagoa dos Dinossauros, no Stiep, em Salvador, tiveram uma tarde de Jurrasic Park, literalmente. Como no filme de Steven Spielberg, os visitantes ficaram presos no interior do parque. Mas as coincidências acabam por aí, para o bem de todos.

Diferente do que ocorre na Ilha Nublar da ficção, os visitantes baianos ficaram trancados no interior do parque graças ao fechamento de um dos portões de acesso local. No vídeo que circula por aplicativos de mensagens, uma mulher força o portão, fechado com um cadeado, e libera as demais pessoas. É possível ver uma grande quantidade de pessoas aglomeradas no interior do parque, aguardando para sair.

No entanto, a Secretaria Municipal de Sustentabilidade e Resiliência (Secis), responsável pela administração do Parque Lagoa dos Dinossauros, diz que o espaço só foi fechado por completo após todos os visitantes terem saído do local. De acordo com a Secis, como existem dois portões de acesso ao parque, e o horário de funcionamento do local é até às 17h, os visitantes foram informados que um dos portões seria fechado, o que ocorreu às 17h30. 

Ainda de acordo com a Secis, após o fechamento de um dos portões, um funcionário responsável por orientação do público, indicou que os visitantes se dirigissem para a saída correta.  “No entanto, algumas pessoas insistiram em sair pelo portão que estava fechado, provocando tumulto, pequena aglomeração e danificando o patrimônio público”, diz a nota. 

A secretaria afirma que a partir desta quinta-feira, 7, mais funcionários estarão no local para orientar as pessoas sobre o funcionamento do parque. Inagurada nesta terça, 5, a Lagoa dos Dinossauros segue o decreto municipal de enfrentamento ao coronavírus para seu funcionamento: de segunda a sábado de 6h às 17h.

Fonte: Correio