CoronaVac: Instituto Butantan solicita registro emergencial da vacina na Anvisa

O Instituto Butantan solicitou o registro emergencial da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo governo de São Paulo em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

É o primeiro pedido de registro de vacina contra a Covid-19 feito à Anvisa, o que pode tornar a CoronaVac a primeira ser aplicada no Brasil.

O pedido foi feito no mesmo dia em que o Butantan divulgou os dados de eficácia da vacina. Em pacientes testados no Brasil, a CoronaVac teve eficácia de 78% e nenhum dos infectados pelo coronavírus que recebeu o imunizante teve quadro grave ou foi internado com Covid-19.

Fonte: Agencia Brasil