Ministério da Saúde decide usar CoronaVac para imunizar os brasileiros

Todas as doses da CoronaVac produzidas pelo Instituto Butantan, em São Paulo, serão incorporadas pelo Governo Federal. Neste sábado (9), o diretor-geral do Instituto, Dimas Covas, contou se reuniu com representantes do Ministério da Saúde na noite desta sexta (8) e que ficou acertado que a União vai adquiri as 6 milhões de doses que já estão prontas. As informações são do G1 São Paulo.

A vacina será incorporada ao Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério, e serão distribuídas aos estados de forma proporcional, levando em consideração os índices demográficos e o número de pessoas nas chamadas faixas de risco.

Covas afirmou que todos os estados serão atendidos, e citou outros 2 milhões de doses que serão disponibilizados pela FioCruz. A expectativa é de que a vacinação comece em até 48h após a liberação do uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Vacina foi desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac e teve 78% de eficácia comprovada no Brasil para casos leves e 100% para casos graves.

Fonte: Correio