Carnaval no Rio: festa em 2021 é prevista para julho, mesmo com pandemia em alta

Em plena ascensão da pandemia de Covid-19, o governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), sancionou nessa terça-feira (12) um projeto de lei que prevê um segundo Carnaval no Estado.

Chamada de “CarnaRio”, a data foi incluída no calendário oficial do Estado e tem como objetivo o “aquecimento da economia” por meio do turismo. 

O governador alegou que a data é necessária para “a estimulação do turismo, lazer e, principalmente, o aquecimento da economia com a criação de postos de empregos e venda de produtos e serviços”.

A segunda folia deve ocorrer no meio do ano, e contará com participação de ligas, agremiações, blocos carnavalescos e apoio da Secretaria de Estado da Cultura do Rio de Janeiro.

Neste ano, não haverá dois carnavais, mas o sancionado por Castro ainda está sob discussão e pode ocorrer em julho. Nos próximos, a ideia é que haja duas festividades anualmente. 

Movimento é contrário à decisão da maior parte das capitais brasileiras, onde não ocorrerá nem o Carnaval “comum”. 

Em Belo Horizonte, por exemplo, não será determinado ponto facultativo e a festividade passará como um dia qualquer devido à pandemia que já ceifou quase 206 mil vidas no país. 

Fonte: Agencia Brasil