Festa clandestina com 200 pessoas em espaço fechado é interrompida em Salvador

Uma festa clandestina que acontecia em uma casa de eventos no bairro de Santa Mônica foi interrompida durante a noite desta sexta-feira (26). As informações são da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur).

Durante a Operação Sílere, os fiscais de combate à poluição sonora da Sedur encontraram a festa, que tinha participação de mais de 200 pessoas. O espaço, que estava exercendo atividade sonora irregular, teve os equipamentos apreendidos e foi interditado. 

De acordo com a Sedur, o público da festa era majoritariamente formado por jovens e a maior parte dos festeiros não usava máscara

De acordo com os decretos contra o coronavírus, está proibida a realização de eventos na cidade, além do toque de recolher, do governo estadual, que proíbe a circulação de pessoas a partir das 18 horas.

A Bahia segue com altos números de mortes em 24h por covid-19. A situação, que se repetiu por todo mês de março, fez o estado alcançar, nesta sexta-feira (26), 155 óbitos. Esse é o maior número de mortes registrado na Bahia desde o começo da pandemia, superando os 153 mortos registrados em 18 de março. Além disso, esse é quarto dia consecutivo que o estado registra mais de 130 mortes.

Ainda foram registrados 4.738 novos casos de covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) no estado, nas últimas 24h, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), no final da tarde desta sexta. No mesmo período, 3.915  pacientes foram considerados curados da doença  (+0,5%).

Fonte: Correio