Queiroga diz priorizar criação de secretaria para concentrar ações contra Covid

Recém-chegado ao comando do Ministério da Saúde, o médico Marcelo Queiroga tem trabalhado durante o fim de semana na organização da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Pandemia. Essa equipe irá concentrar as ações sobre o combate à crise de Covid-19 dentro do ministério. “Ação prioritária”, disse o ministro ao Broadcast Político, sobre a secretaria. “Durante a pandemia, teremos um núcleo dedicado.” 

Queiroga disse ainda não ter definido o nome para o comando dessa secretaria. O núcleo irá atuar como uma ação complementar ao trabalho do comitê criado pelo presidente Jair Bolsonaro com demais poderes da República para o enfrentamento à crise, grupo que deve ter sua primeira reunião oficial nesta segunda-feira, 29. “No momento, a prioridade é o combate à pandemia”, disse o ministro. Quando do anúncio do novo departamento, na última quarta-feira, 24, Queiroga destacou que a área vai funcionar 24 horas por dia. “Sociedade requer que ministério fique de prontidão”, destacou.

Na segunda, Queiroga também participa de audiência pública, às 16h, no Congresso, na comissão temporária criada para acompanhar as ações contra a Covid-19. Os parlamentares querem debater o Plano Nacional de Imunização e o cumprimento dos prazos já estabelecidos, entre outras medidas, e devem fazer uma série de questionamentos ao ministro.  “O complexo é enfrentar a pandemia e o Congresso Nacional tem sido importante”, disse Queiroga sobre o evento.

Durante o fim de semana, o médico aproveitou também para pôr em prática uma determinação de Bolsonaro sobre aumentar a interlocução do Ministério da Saúde com as demais pastas do governo. No sábado ele se reuniu, por videoconferência, com Paulo Guedes, momentos antes do ministro da Economia ser vacinado, e definiu a conversa como “ótima”.

Fonte: Agencia Brasil