Vídeo: asiático é espancado até ficar desacordado no metrô de Nova York

Viralizou nas redes sociais um vídeo que mostra um homem asiático sendo brutalmente agredido dentro de um vagão do metrô de Nova York. As imagens, públicadas no Twitter, já foram vistas quase 3 milhões de vezes.

A polícia novaiorquina informou, nesta segunda-feira (29) que sua unidade de crimes de ódio investiga o caso. Desde o início da pandemia de covid-19, iniciada na China, os episódios de racismo contra asiáticos e seus descendentes cresceram nos EUA.

Neste último episódio, o agressor desferiu diversos socos na vítima, além de dar um “mata leão” por quase 15 segundos. Em seguida, empurra a vítima, que aparenta estar inconsciente. Após a violência, o suspeito sai do transporte público. Ainda não se sabe as motivações dele.

O vagão estava cheio, porém ninguém interveio na situação, tentando separá-los. Alguns passageiros se levantam, assustados, e outros pedem que as agressões parem.

De acordo com o jornal “The Hill”, a investigação ficará a cargo da força-tarefa voltada para o crescente número de crimes de ódio contra asiático-americanos, que foi montada em agosto de 2020 pelo departamento de polícia de Nova York (NYPD).

Um dos casos que chamaram atenção neste mês ocorreu na Califórnia, no dia 17. A chinesa Xiao Zhen Xie, de 76 anos, foi agredida enquanto esperava para atravessar a rua. O autor foi identificado como Stephen Jenkins, de 39 anos, que já havia agredido outro idoso asiático, de acordo com a polícia. E, um dia antes, seis mulheres de origem asiática foram mortas em centros de massagem na Geórgia.

Inspetora adjunta dessa unidade no NYPD, Jessica Corey disse à emissora “PIX 11” que foram registrados pelo menos 27 incidentes anti-asiáticos em 2021 até este domingo. No mesmo período em 2020, foram contabilizadas oito ocorrências deste tipo.

“Precisamos da ajuda do público”, pediu o departamento de polícia na postagem desta segunda-feira.

Fonte: Correio