Titular no Vitória, Lucas Arcanjo fala de pai goleiro: 'Ídolo para mim'

O empate em 1×1 com o Bahia de Feira, pelo Campeonato Baiano, marcou o sétimo jogo de Lucas Arcanjo como titular do Vitória na temporada. Revelado nas categorias de base do clube, o goleiro, de 22 anos, assumiu a posição em meio ao imbróglio na renovação de contrato com Ronaldo, e vem aproveitando a chance.

A oportunidade de assumir a titularidade, aliás, poderia ter ocorrido na temporada passada, quando Ronaldo se machucou. Só que Lucas testou positivo para covid-19 e quem ficou com a vaga foi Yuri. Ele ganhou sequência na época, mas perdeu espaço em 2021. 

“Vinha esperando bastante essa oportunidade e estava preparado. O professor [Itamar] Ferreira [preparador de goleiros] vem fazendo um trabalho excelente, me dando total confiança. No início da temporada, acho que estou me saindo bem. Que continue dessa forma”, disse Lucas Arcanjo.

O jogador iniciou sua trajetória no futebol na base do Galícia. Em 2016, chegou ao Vitória para o sub-19 e, em 2019, subiu para o time profissional. Até aqui, fez 13 jogos. Lucas declarou se inspirar no pai, Geraldo, que também foi goleiro.

“Sempre procuro fazer as mesmas coisas que ele fazia em campo. É um ídolo para mim. Ele me passa tudo o que eu sei hoje, me ajuda bastante. Sempre me liga antes dos jogos, depois dos jogos”, comentou.

Com Dida como outra inspiração, o goleiro também sonha marcar o seu nome na história do clube. “Uma das principais revelações do clube é o Dida. A gente tem que manter essa tradição que sempre foi do Vitória revelar grandes jogadores. Comigo, espero que não seja diferente”.

Lucas Arcanjo ainda falou que tem conversado com Ronaldo e recebido orientação, mas não comenta sobre a renovação ou não do colega.

“A situação dele de renovação, ele resolve com o empresário dele e com o clube. O que ele conversa comigo é antes dos jogos, depois dos jogos, passando confiança, conversando comigo para ficar tranquilo dentro de campo também”, falou.

Fonte: Correio