Bahia perde para o Fortaleza na Copa do Nordeste: 2×1

O torcedor do Bahia lamentou algo inédito neste sábado (3). Pela primeira vez na história, o tricolor foi derrotado pelo Fortaleza na Copa do Nodeste. O time comandado por Dado Cavalcanti perdeu por 2×1, no estádio Castelão, em Fortaleza, em jogo válido pela 7ª rodada do regional.  

A primeira grande oportunidade do jogo foi do Fortaleza. Os donos da casa tiveram a chance de abrir o placar no Castelão após dois minutos de bola rolando quando Robson escapou pela direita. Wellington Paulista recebeu dentro da área e cruzou para David. O atacante cabeceou e exigiu grande defesa de Douglas. 

O goleiro tricolor evitou que a bola estufasse a rede dessa vez, mas não conseguiu fazer o mesmo aos 24 minutos, quando o Fortaleza produziu a segunda boa investida do jogo e abriu o placar. Após levantamento na área do Bahia, o zagueiro Conti desviou de cabeça e a bola sobrou com Matheus Vargas. Ele levantou a cabeça, tocou para trás e viu o xará marcar um golaço. Matheus Jussa bateu de primeira, com força, e correu para comemorar: 1×0.

Apesar da desvantagem no placar, o Bahia seguiu sem ameaçar o gol do Fortaleza. O time comandado por Dado Cavalcanti teve muita dificuldade para encontrar espaços e se mostrou fragilizado em sequência de falhas individuais de Douglas. 

Aos 34 minutos, o goleiro tricolor não conseguiu afastar o cabeceio de Carlinhos, mas deu sorte porque nenhum jogador do rival chegou para aproveitar o gol vazio. Aos 36, David cruzou na área, Douglas não conseguiu afastar e a bola ficou com Robson, que furou na hora de finalizar. Aos 40, ocorreu a falha mais marcante da etapa inicial. Daniel Guedes e o goleiro do Bahia deixou a bola passar entre as pernas. O Fortaleza só não ampliou porque Conti tirou em cima da linha. 

O Bahia chegou com perigo ao gol adversário pela primeira vez aos 44 minutos e não desperdiçou. Edson passou para Rodriguinho e ele precisou de apenas dois toques na bola para deixar Gilberto de cara para a meta. O atacante deixou a bola quicar, bateu de primeira e igualou o marcador no Castelão: 1×1. 

RIVAL MAIS EFICIENTE

No segundo tempo, jogo bastante movimentado dos dois lados. O Fortaleza teve grande oportunidade quando David avanaçou pela esquerda e deixou Wellington Paulista de frente para a meta, mas o centroavante mandou por cima do travessão.

Depois, Robson teve duas oportunidades. Primeiro, ele chutou cruzado. Na sequência, invadiu a área e encontrou o zagueiro Conti no caminho. O Bahia reagiu com Matheus Bahia, que chutou de fora da área e viu Felipe Alves espalmar.

Robson não conseguiu assinar o segundo gol do Fortaleza, mas foi fundamental para que David anotasse o dele. Aos 14 minutos, ele fez belo lançamento e viu o companheiro revelado pelo Vitória comemorar diante do ex-rival. David dominou no peito, ganhou de Nino na força e chutou: 2×1. Os jogadores do Bahia reclamaram uma falta em cima de Nino, mas a arbitragem validou o gol. Na Copa do Nordeste não há VAR. 

O Bahia chegou perto do empate aos 34 minutos. Rossi cruzou, Lucas Fonseca desviou de cabeça e Gabriel Novaes, sozinho, mandou no travessão. 

FICHA TÉCNICA

Fortaleza 2×1 Bahia – 7ª rodada da Copa do Nordeste

Fortaleza: Felipe Alves, Daniel Guedes (Tinga), Quintero, João Paulo Silveira e Carlinhos; Éderson, Matheus Jussa e Matheus Vargas (Felipe); David (Yago Pikachu), Wellington Paulista (Gustavo Coutinho) e Robson (Romarinho). Técnico: Enderson Moreira.

Bahia: Douglas, Nino, Conti, Lucas Fonseca e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick (Matheus Galdezani), Edson (Thaciano) e Daniel (Gabriel Novaes); Rossi (Alesson), Gilberto e Rodriguinho. Técnico: Dado Cavalcanti.

Estádio: Castelão, em Salvador
Gol: Matheus Jussa, aos 24 minutos, e Gilberto, aos 44, do 1º tempo; David, aos 14 minutos do 2º tempo.
Cartão amarelo: David, Lucas Fonseca, Matheus Jussa, Matheus Bahia, Daniel, Matheus Vargas, Juninho Capixaba e Gilberto.
Arbitragem: Gilberto Rodrigues Castro Junior, auxiliado por Clovis Amaral da Silva e John Andson Alves Ribeiro (Trio de PE).

Fonte: Correio