Butantan suspende produção da Coronavac por falta de insumos, afirma emissora

O Instituto Butantan suspendeu temporariamente a produção da Coronavac, vacina contra a Covid-19, por falta de insumos para fabricação do imunizante. A informação é da emissora CNN. Apesar da interrupção, a entrega de alguns lotes que estavam programados será mantida na próxima semana.

Isso porque o instituto tem pronto 2,5 milhões de doses aguardando apenas o prazo de controle de qualidade. Somente nesta quarta-feira (7), o Butantan repassou para o Ministério da Saúde mais 1 milhão de doses da vacina que protege contra o coronavírus – desde janeiro foram 38,2 milhões de doses

De acorodo com a CNN, apesar do atraso na entrega do insumo, vai cumprir o contrato firmado com o Ministério da Saúde. “O Instituto Butantan informa que é esperado para a próxima semana um novo carregamento de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) de 6 mil litros, correspondentes a cerca de 10 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus”, declarou.

Até o final deste mês, o Butantan se comprometeu a entregar 46 milhões de doses

Atraso

O IFA estava previsto para chegar da China na próxima sexta-feira (9), mas não chegará no prazo, confirmou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), nesta quarta-feira (7). A previsão da matéria-prima desembarcar no Brasil passou para o dia 16.

O atraso da remessa teria sido provocado pela aceleração da campanha de vacinação na China. 

Fonte: Agencia Brasil