Dieese aponta que Salvador tem a cesta básica mais barata entre 17 capitais do Brasil

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgou, nesta quinta (8), a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos de março de 2021. De acordo com o Dieese, a cesta básica de Salvador é a mais barata do Brasil, entre 17 capitais pesquisadas. 

O valor da cesta básica na capital baiana ficou em R$ 461,18, com uma redução mensal de -3,74%, o que representa 45,33% da porcentagem do salário mínimo líquido. De acordo com o Dieese, o tempo de trabalho na capital baiana para compra da cesta é de 92h16m. A variação no ano em Salvador ficou em -3,72%. E a variação em 12 meses ficou em 13,04%.

O produto com maior redução em Salvador foi o tomate (-20,27%). Já o feijão teve redução de 0,44%.

Ainda de acordo com o cálculo, o salário mínimo no Brasil deveria ser de R$ 5.315,74. O valor é 4,83 vezes menor do que o mínimo vigente, de R$ 1.100,00.

O cálculo da pesquisa foi feito baseado no valor da cesta básica de Florianópolis, a mais cara do Brasil. Com custo de R$ 632,75, a quantia equivale a 62,19% do salário mínimo líquido vigente. 

O cálculo do Dieese estima o salário mínimo necessário para suprir as despesas de um trabalhador e da família dele (formada por mais um adulto e duas crianças), com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

Fonte: Correio