Covid-19: 86% dos brasileiros conhecem alguém que morreu infectado no país

Uma pesquisa desenvolvida pelo Centro de Pesquisa em Comunicação Política e Saúde Pública (CPS) da Universidade de Brasília (UnB) em parceria com o Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD) apontou que 86% dos brasileiros conhecem ao menos uma pessoa que morreu em decorrência da Covid-19, desde que a pandemia começou. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (27) em uma série de postagens no Twitter do IBPAD e também em reportagem do Valor Econômico.

Segundo o levantamento, 17% dos brasileiros revelaram que perderam um familiar, enquanto 22% relatam a perda de um amigo. Além disso, 63% contaram ter um ou mais conhecidos que morreram por causa do coronavírus. 

 

Os brasileiros também não estão otimistas com melhoras no cenário da pandemia. A percepção é que a situação, agora, está pior que há três meses, para 70% dos entrevistados. Já 74% das pessoas ainda disseram que a situação vai ficar pior ou igual ao momento atual pelo menos até julho. Por fim, o número de pessoas que se dizem muito preocupadas com a doença cresceu de 38%, em dezembro, para 58%.

A pesquisa foi realizada on-line com 1.232 pessoas de todos os Estados do país.

Fonte: Agencia Brasil