Dani Mã recebe Fábio Trummer e encerra projeto musical com single "Mar aberto" 

O projeto “Arquitetando o Caos”, promovido pelo cantor e compositor Dani Mã, chega à última edição com a apresentação da canção “Mar aberto”. A música será apresentada ao público em uma live realizada nesta quinta-feira (29), às 19h, no canal oficial do cantor no Youtube.

O encerramento dessa primeira etapa do projeto conta com a participação do vocalista e guitarrista da banda pernambucana Eddie, Fábio Trummer, além dos músicos Henri Fortini, Matheus Prevot e Afonso Cappellaro.
 
“Mar aberto”, assim como as demais canções do projeto, reflete sobre as dificuldades do momento atual, em que país enfrenta uma pandemia, e convida o público a resistir e seguir em frente, apesar das dificuldades: “Você acorda e percebe que já deu: hora de levantar. Sabe que a jornada será longa, mas que outra opção temos?”, explica Mã. 
 
A live de encerramento acontece após uma maratona de sete apresentações, realizadas semanalmente às quintas-feiras, desde o dia 11 de março deste ano. Apresentadas no canal oficial do cantor no Youtube, as canções misturam ritmos como afrobeat, indie, funk-pop e afrobaianidades texturizadas por tratamentos eletrônicos. 
 
Nesta última edição, Mã traz à cena o movimento Original Olinda Style, idealizado pela banda pernambucana Eddie, lançado no auge do movimento Mangue Beat. Com mais de 30 anos de estrada, a banda segue fervendo um caldeirão sonoro de punk rock, surf music, reggae, frevo e samba.
 
“Temos nossa musicalidade, nosso jeito de compor, tocar e contar nossas histórias. Uma narrativa Original Olinda Style. Um jeito de ver Olinda por todas as cidades, e de ver em todas as cidades as Olindas que elas são. Música com nosso sotaque, mas falando na língua da música do mundo”, resume o o volalista do grupo Fábio Trummer.
 
Serviço
O que: “Arquitetando o Caos” – Apresentação da Canção Mar Aberto
Quando: 28/04, às 19h
Onde: canal oficial de Dani Mã no Youtube 
Convidados: Fábio Trummer, vocalista e guitarrista da banda Eddie, e dos músicos Henri Fortini, Matheus Prevot e Afonso Cappellaro

Fonte: Correio