Simone remove o útero em cirurgia após três meses de sangramento

A cantora Simone Mendes, da dupla com Simaria, passou por uma histerectomia, cirurgia de retirada do útero. Desde fevereiro, quando nasceu Zaya, a artista estava com adenomiose uterina, uma doença que gera um espassamento nas paredes do útero, causando dores, sangramentos e cólica. 

“Simone operou da adenomiose. Ela estava com um sangramento contínuo, por quase três meses após o parto e com muitas queixas de dor e até hemorragias intensas. Ao longo deste período, a artista buscou outros tratamentos indicados pelo Dr. Renato Kalil – tratamento hormonal, uso de Diu Mirena e outros mais complexos – mas após exames e em consenso entre a artista/médico, optou-se por uma histerectomia, realizada por videolaparoscopia, para a retirada do útero, já que a artista já havia realizado a laqueadura após o nascimento Zaya. Simone passa bem e segue com o repouso pós procedimento”, explicou a assessoria.

Antes do procedimento, a cantora postou uma foto em que estava deitada, com a pulseira de hospital no brasço. Ela não explicou o procedimento, mas tranquilizou os fãs. “Vou ficar três dias off, meus amores. Está tudo bem comigo. Depois explico”, afirmou.

Além de Zaya, Simone já é mãe também de Henry, do casamento com Kaká Diniz.

Fonte: Correio