São Paulo aceita Copa América desde que protocolos sejam seguidos

O governo de São Paulo garante que não vai se opor caso algum estádio do Estado seja escolhido para receber partidas da Copa América. “O governo de São Paulo não fará objeção caso a CBF defina São Paulo como um dos locais de jogos da Copa América, desde que os protocolos do Plano São Paulo sejam obedecidos”, disse o governo na nota.

Nesta segunda-feira (31), durante evento de aprensentação do resultado de vacinação em massa de Serrana, o governador João Doria (PSDB) não indicou que vetaria as partidas. Ele destacou que os protocolos sanitários estão sendo cumpridos nos campeonatos, mas disse que a prioridade no Estado é “preservar vidas”. Doria foi informado sobre a vinda da Copa América para o Brasil por Walter Feldman, que é secretário-geral da CBF e político.

“A CBF informa que a Copa América virá para o Brasil, mas não especificamente para São Paulo, até porque os estádios aqui já estão ocupados pelos jogos programados para a Copa do Brasil e o Brasileirão. De qualquer maneira, quero deixar registrado aqui que a Federação Paulista de Futebol tem cumprido rigorosamente os protocolos do Plano São Paulo, e os jogos que foram realizados aqui pelo Campeonato Paulista foram realizados dentro desse protocolo”, declarou.

Doria ressaltou ainda que os dirigentes das equipes paulistas têm respeitado as normas determinadas pelo Estado, mas que vai aguardar as tratativas do torneio internacional para definir se São Paulo receberá ou não jogos.

“De forma geral, salvo uma ou outra exceção, os dirigentes das equipes de São Paulo agiram de maneira muito prudente e responsável. Vamos aguardar as próximas etapas advindas disso, mas a nossa preocupação prioritária em São Paulo é preservar vidas”.

Embora não tenha se oposto à realização da Copa América no Brasil, Doria, ao final da coletiva de imprensa no Instituto Butantan em que apresentava dados sobre a efetividade da Coronavac, fez uma provocação.

Quando os presentes aplaudiam os profissionais e cientistas envolvidos no estudo da Coronavac no município de Serrana, o governador afirmou, apontando para a equipe: “Esse é o melhor jogo, é o jogo pela vida. É o melhor campeonato, a melhor copa, a copa da vida”.

Fonte: Correio